Fundador jornalista Jerffeson de Miranda em 10 de janeiro de 2018

Cidadão Repórter

(93)91472925
Santarém(PA), Domingo, 17 de Janeiro de 2021 - 13:32
30/11/2020 as 10:38 | Por Redação | 285
Trabalhadores participam de ações de prevenção ao câncer de próstata em canteiros de obras
Programação conta com palestras presenciais e online com médicos e dinâmica com psicólogo, além de entrega de brindes
Fotografo: Reprodução
Objetivo das atividades, em diversos trechos do PNE, é falar sobre a doença, diagnóstico e outras ações

Através de iniciativas da ENGIE Brasil Energia e das empreiteiras contratadas para execução do Projeto Novo Estado (PNE), no Pará e Tocantins, diversas ações com colaboradores, sobre a campanha de prevenção ao câncer de próstata, em alusão ao novembro azul, movimento internacional de conscientização para o controle da doença, ocorrerão até o fim deste mês. O objetivo das atividades, em diversos trechos do PNE, é falar sobre a doença, diagnóstico e, sobretudo, garantir a política de gestão integrada, que tem como um dos temas promover a capacitação, saúde e proteção da integridade dos colaboradores e prestadores de serviços internos.

A programação conta com palestras presenciais e online com médicos e dinâmica com psicólogo, além de entrega de brindes. Só no Estado do Tocantins, 1.200 trabalhadores da Linha de Transmissão, sob responsabilidade da empreiteira Tabocas, distribuídos nos municípios de Colmeia; Fortaleza do Tabocão; Bernardo Sayão e Arapoema participaram da programação. No Pará, mais de mil profissionais assistiram às apresentações.

De acordo com o técnico de enfermagem, Clodoaldo de Couto Almeida, a doença acomete mais de 2 milhões de pessoas no Brasil. Por isso, o profissional enfatiza a importância do debate oportunizado pela ENGIE.  “Com um público predominantemente masculino nos canteiros de obras, é necessário enfatizar e garantir que todos os colaboradores tenham acesso e promovam a saúde individual. A ação é de extrema importância”, reitera Clodoaldo.

Ainda segundo o técnico de enfermagem, este tipo de ação vai muito além da política de gestão da empresa, porque trata não só dos colaboradores, mas, também, da comunidade em geral. “O resultado é a conscientização individual, mas esses colaboradores levarão a informação para dentro de suas casas, para, também, informar e cuidar dos seus familiares. Nosso objetivo é garantir saúde e resultado. Acredito que essa ação é bem mais que política de gestão e estamos prontos para executar da melhor forma possível”, afirma.

No Pará, o trecho norte do Projeto Novo Estado tem seis canteiros sob responsabilidade da empreiteira IC-SK. O principal está na cidade de Pacajá, que, hoje, conta com mais de 600 trabalhadores. Na região, os colaboradores receberam ações do novembro azul em dois turnos. Pela manhã, com o operacional geral, e à tarde, na área administrativa. Palestras médicas, ginástica laboral, dinâmica com psicólogo, além de distribuição de laços azuis, que remetem à campanha, fizeram parte da programação. Já em alguns dos canteiros adjacentes, como os localizados em Anapú e Novo Horizonte, 410 trabalhadores participaram das ações.

Entre os profissionais de saúde que falaram sobre a importância do debate acerca da temática está o enfermeiro Genilson de Jesus Carvalho Mendonça, que explanou sobre o que é a doença, quais as formas de prevenção, diagnóstico e onde procurar atendimento. Para ele, o importante é focar na prevenção e saúde dos trabalhadores com uma abordagem mais simples. “Transformar esses trabalhadores em protagonistas das próprias histórias auxilia na ação de procura de atendimento de prevenção. Isso evita notícias desagradáveis no futuro. É preciso entender que, se houver sintomas, quanto mais cedo procurar o tratamento, há mais chances de cura”, diz ele.

Fonte: Portal Santarém e Ascom

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil