Fundador jornalista Jerffeson de Miranda
Aos 10 de janeiro de 2018

Cidadão Repórter

(93)91472925

Santarém(PA), Terça-Feira, 16 de Abril de 2024 - 23:04
13/03/2024 as 08:01 | Por Redação |
Centro Cultural João Fona é rota multicultural nas visitações livres e guiadas para turistas
Duzentos turistas estrangeiros e trinta acadêmicos de pedagogia vieram ao CCJ na busca do conhecimento histórico cultural do município de Santarém
Fotografo: Agência Santarém
Os turistas estrangeiros, vieram no transatlântico Viking Sea,

A certeza do conhecimento sobre a história dos santarenos, desde os primeiros habitantes, os índios Tapajó à modernidade na área urbana, é o Centro Cultural João Fona (CCJF). Na manhã de terça-feira (12/03), neste equipamento da Prefeitura de Santarém, coordenado pela Secretaria Municipal de Cultura (Semc), prossegue como rota multicultural, proporcionado pelas visitações livres e guiadas, com público misto, nacional e internacional. 

 

Nas boas-vindas ao público multicultural, deste dia, 200 turistas estrangeiros e 30 acadêmicos do curso de pedagogia da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), o Chefe do CCJF, Renato Sussuarana. “Estamos preparados para receber, é crescente a visita da classe escolar, de todos os níveis, com os agendamentos antecipados pelas instituições de ensino, os estrangeiros das rotas turísticas e aos demais públicos para visita ou turismo”, disse. 

 

As visitações pelo público educacional de diferentes níveis escolares feitas por agendamentos iniciaram na segunda quinzena de fevereiro. A professora da Ufopa Marcela Gomes expressa que é altamente produtiva a visita ao espaço público. “Importante para os acadêmicos entrarem em contato com agentes de memória, a exemplo do Centro Cultural, para que se torne cada vez mais aptos a trabalhar com a história regional de Santarém, na sala de aula enquanto pedagogos. Finalizar a nossa disciplina de história, aqui, foi muito produtivo e certeiro para alcançarmos a nossa meta. E parabenizamos o Governo Municipal, representados pela Chefia, equipe técnica do CCJF e ao secretário municipal de cultura Adson Tertulino pela recepção do nosso grupo e sem dúvidas voltaremos”, destacou a docente. 

 

Dentro do CCJF, o Museu com os variados formatos em cerâmica destaca a arqueologia santarena, uma das mais avançadas técnicas de arte em olaria dos indígenas Tapajó e Galeria de Exposições Temporárias, com a exposição denominada Upcycling Amazônico, na organização da artesã e arqueóloga Francielly Sá, chamaram a atenção do público. 

 

A acadêmica Katle Santos diz que adentrar ao Centro Cultural é viver a própria história. “Porque muitas vezes se vive em um lugar e se desconhece da história, os marcos do passado e as consequências ao nosso presente. E essa dinâmica de visitar lugares históricos como este, é de riqueza grandiosa, como ver de perto a cerâmica, cheia de detalhes. E temos a oportunidade de encontrarmos com pessoas de outras culturas, nesta manhã vemos muitos estrangeiros a procura do conhecimento sobre nós santarenos. E quanto acadêmica, vai contribuir para a minha formação sem dúvida”, explicou. 

 

O titular da pasta da Cultura, Adson Wender Tertulino, detalha sobre o encontro multicultural do espaço. “É recompensador esse fluxo de pessoas ao CCJF voltado ao conhecimento, pela diversidade em artes e contexto histórico cultural. Admiração pelos relatos de memória ditas pela nossa equipe técnica, provoca o sentimento de envolvimento, uma verdadeira viagem histórica pela cultura Tapajônica”, enfatizou. 

 

Os turistas estrangeiros, vieram no transatlântico Viking Sea, no percurso, dentro do Brasil, o município de Santarém, é o primeiro, a previsão e seguir viagem para Parintins (AM) e Manaus (AM). Neste 2024, nos meses de janeiro e fevereiro, o CCJF recebeu o total de 2.549 visitantes e turistas. Desses, 891 foram estrangeiros. 

 

A Exposição denominada Upcycling Amazônico continua em aberta. Trata-se da proposta sustentável que busca ressignificar objetos característicos da cultura Amazônica que seriam descartados e aplicá-los na moda. Uma solução criativa para a redução de resíduos e uma forma de expressão a personalidade na vestimenta. 

O CCJF fica localizado na Rua Adriano Pimentel, s/n, - orla da cidade, bairro Prainha, dentro da área da Praça Barão de Santarém. 

 

 

Por: Alciane Ayres/Ascom-Semc 

Fonte: Portal Santarém 

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil