Fotografo: Reprodução
...
Conmebol disse recentemente que a partida irá ocorrer no Estádio Nacional de Santiago

Pouco menos de um mês para a decisão da Libertadores, a Federação de Futebol do Chile informou em comunicado que a polícia do país não deu condições para a realização de eventos esportivos nos próximos dias. A informação foi dada na segunda-feira (28), e a rodada nas competições nacionais foram canceladas.

O problema político no Chile tem gerado muitos protestos locais.

Todas as partidas realizadas entre 31 de outubro e 4 de novembro foram suspensas pela ANFP. O compromisso com a segurança dos torcedores e jogadores, em comunhão com os clubes chilenos, é o principal motivo.

“Os que fazem parte desta atividade não podem estar alheios a situação do país e à realidade que vivem dia a dia milhares de chilenos e chilenas”, diz o comunicado da Federação.

Flamengo e River Plate tem o jogo da final da Libertadores marcado para o dia 23 de novembro, em Santiago. Porém, mesmo com os cancelamentos das partidas chilenas, a Conmebol disse recentemente que a partida irá ocorrer no Estádio Nacional de Santiago.

A entidade leva em consideração o interesse dos patrocinadores, uma vez que os ingressos estão quase todos esgotados.

O time brasileiro, não pensa também na possibilidade de transferência da sede da final. Inclusive enviou o supervisor de futebol, Gabriel Skinner, para o Chile, para definir as logíticas de hospedagem e treinamentos. O time deve chegar a Santiago no dia 19, terça-feira.

Fonte: DOL