Fundador jornalista Jerffeson de Miranda em 10 de janeiro de 2018

Cidadão Repórter

(93)91472925
Santarém(PA), Quarta-Feira, 01 de Dezembro de 2021 - 10:28
21/10/2021 as 12:36 | Por Redação |
Servidores do TJPA deflagram Estado de Greve e definem data de paralisação
Nas reuniões já realizadas até agora, a direção do Tribunal se negou a qualquer discussão, o que levou à realização da Assembleia de hoje
Fotografo: Reprodução
Presidente do Sindju, Thiago Lacerda, enfatizou que as perdas salariais da categoria têm se agravado com os índices inflacionários

Em reunião da Assembleia Geral que terminou há poucos instantes, os servidores do Tribunal de Justiça do Pará – TJPA decidiram decretar a partir de hoje o “Estado de Greve” da categoria. Nesse período, segunda a decisão, o Sindju – Sindicato dos Funcionários do Judiciário do Estado do Pará, tentará novas reuniões com a direção do TJPA na tentativa de abrir uma negociação sobre a pauta de reinvindicações da categoria. Nas reuniões já realizadas até agora, a direção do Tribunal se negou a qualquer discussão, o que levou à realização da Assembleia de hoje. 

 

Por votação de servidores presentes nas escadarias do Fórum da Capital e com participação online de diversas comarcas do interior, através da plataforma Teams, ficou definido também que se não houver acordo com o TJPA, será deflagrada uma GREVE GERAL dos servidores do TJPA a partir do dia 10 de novembro, até que se consiga uma negociação com a direção do Tribunal de Justiça. 

 

O presidente do Sindju, Thiago Lacerda, enfatizou que as perdas salariais da categoria têm se agravado com os índices inflacionários e que o sindicato vem tentando negociar isso com a direção do TJPA, que se mostrou inflexível. Durante a assembleia houve falas de servidores e de representantes de outras categorias, inclusive do presidente regional da CTB – Central dos Trabalhadores do Brasil, Cléber Resende, entidade à qual o Sindju é filiada. Resende colocou a CTB à disposição da luta dos servidores do Judiciário. 

 

O Estado de Greve não afetará os serviços nos fóruns e servirá para a articulação da categoria, com reuniões e debates de mobilização, enquanto o Sindju tenta negociar com o TJPA. Não havendo acordo, todas as comarcas paralisarão suas atividades a partir do dia 10/11/2021. 

 

Com informações da Ascom/Sindju 

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil