Fundador jornalista Jerffeson de Miranda em 10 de janeiro de 2018

Cidadão Repórter

(93)91472925
Santarém(PA), Domingo, 11 de Abril de 2021 - 17:55
19/03/2021 as 11:32 | Por Redação | 442
Dia do artesão: Prefeitura de Santarém destaca a importância do artista para o turismo da região
A data foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) para homenagear uma das mais antigas profissões
Fotografo: Reprodução
Secretaria Municipal de Turismo celebra a data do Dia Mundial do Artesão, nesta sexta-feira, 19

A Prefeitura de Santarém por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Semtur) celebra a passagem do Dia Mundial do Artesão, comemorada hoje, 19, destacando a importância desses artistas para o turismo do município. As atividades empreendedoras de produção artesanal crescem no município incentivadas pelo governo municipal que apoia a atividade, qualifica os produtores e promove alternativas para exposição e comercialização dos produtos.  

A data foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) para homenagear uma das mais antigas profissões. A palavra artesão significa quem trabalha com as mãos e vem mostrando as mais belas artes esculpidas e trabalhadas nos mais diversos materiais, onde todas contam histórias que antecedem o tempo.  

O secretário municipal de Turismo Alaércio Cardoso salienta que o objetivo da pasta é valorizar e dar cada vez mais condições de sustentabilidade as centenas de artesãos que atuam em Santarém. “Hoje a maioria de nossos artistas moram ainda em comunidades e produzem suas artes únicas e in natura para comercializar em nossos centros de artesanatos. Tanto o Cristo Rei quanto o Terminal Fluvial Turístico são como vitrines de exposição, levando nossos artistas a serem ainda mais conhecidos. Você não compra uma peça repetida, cada artesão faz uma peça única e é sobre essa arte genuinamente tapajônica que buscamos valorizar e dar subsídios para crescerem cada vez mais” disse o gestor da pasta do Turismo em Santarém que lembrou ser a arte uma herança em muitas famílias, talento repassado de geração para geração. 

Pontos de artesanato em Santarém 

Administrado pela Prefeitura de Santarém, o Centro de Artesanato do Tapajós - Cristo Rei foi inaugurado em 2015 com o objetivo de promover a cultura, o turismo e fomentar novos negócios, proporcionando um espaço para que os artesãos possam comercializar os produtos de forma orientada, capacitada e estimulada. O espaço contém 12 quiosques de exposição permanente; 1 loja para venda de plantas e flores naturais além de mais 3 quiosques de exposição rotativa. 

Outro espaço criado para alavancar o artesanato local foi o Terminal Fluvial Turístico (TFT) onde há 10 expositores que funcionam rotativamente para impulsionar a cadeia produtiva do segmento do turismo. Em 2020, o espaço foi revitalizado pela atual gestão garantindo maior impulsionamento da categoria. 

Os produtores de artesanato 

Um dos talentos do artesanato em Santarém é Rose Costa. A artesã atua no Centro de Artesanato do Tapajós - Cristo Rei e conta que a descoberta da profissão surgiu quando ainda era criança quando percebeu que as criações eram arte e que poderia viver dos trabalhos manuais. Ela conta que quando menina produzia redes da fibra de juta e isso fez com que os outros percebessem o talento para o trabalho com as mãos. 

“Aos 13 anos comecei de fato a viver da venda e confecções das minhas artes. Vim para Santarém e comecei a trabalhar, costumo dizer que sou uma artesã da cultura popular e procuro me reinventar todos os dias para fazer trabalhos únicos e exclusivos, além de ser uma diversão e terapia. Sim! Terapia, a pandemia veio com tudo e em um momento que não esperávamos por isso o trabalho manual salva vidas”, contou emocionada. 

Das mãos desses profissionais saem obras de artes únicas. São histórias contadas através de cerâmicas, cuias, trançados, bordados, colagens, laços, plantas, madeiras entre tantos outros produtos que fazem dessas pessoas: artesãos. 

“Infelizmente, por conta do atual momento que estamos passando, não podemos comemorar como gostaríamos, mas vamos valorizar cada vez mais essa arte” finalizou Alaércio Cardoso. 

Para o prefeito Nélio Aguiar o artesanato é um conjunto rico da identidade cultural que deve ser destacado no cenário da cidade. “Buscamos o reconhecimento e a valorização da produção artesanal de nosso município. Em nossa gestão procuramos alternativas ofertando qualificação para que esse profissional amplie seu espaço no mercado. Em tempos de pandemia, consumir o artesanato local amplia a força da região estimulando o crescimento de todos. Parabéns a todos os artistas que fazem do artesanato a representação da nossa cultura!” 

Fonte: Portal Santarém e Fernanda Rabelo/Ascom/Semtur 

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil