Fundador jornalista Jerffeson de Miranda em 10 de janeiro de 2018

Cidadão Repórter

(93)91472925
Santarém(PA), Terça-Feira, 09 de Março de 2021 - 10:19
20/02/2021 as 08:02 | Por Redação | 140
Ações de solidariedade a municípios da Calha Norte crescem em meio a pandemia
A Ecam por meio de diferentes parceiros têm contribuído com ajudas humanitárias e de enfrentamento à covid-19
Fotografo: Reprodução
Pároco de Faro realizando entrega das doações aos ribeirinhos

Doações de cestas básicas, kits de higiene e limpeza além equipamentos de proteção individual para os municípios que integram a Calha Norte do Pará foram algumas das ações desenvolvidas pela Equipe de Conservação da Amazônia (Ecam) no ano de 2020 e 2021 após o avanço da pandemia do novo coronavírus. Em 2020 as ajudas humanitárias e ações de enfrentamento à covid-19 foram realizadas nos municípios de Oriximiná, Terra Santa e Faro e beneficiaram milhares de famílias em situação de extrema vulnerabilidade social, além de indígenas e quilombolas, por meio de suas instituições representativas, que passaram a viver isolados em suas comunidades, aldeias ou na cidade, sem condições de retornarem para casa. 

Neste ano, com o agravamento da pandemia e chegada da segunda onda, as ações se intensificaram e as equipes iniciaram uma força tarefa para atender a demandas emergenciais que chegavam a cada instante, como a da Paróquia de São João Batista, no município de Faro. “Estamos enfrentando uma grande dificuldade por causa da pandemia e isso nos impede de realizarmos os trabalhos, junto às famílias, a gente sabe que tem mais de duzentas famílias no município sem renda, que elas estão desempregadas e que foram afetadas pelo covid, então, as pessoas que são infectadas, elas ficam com dificuldade, até mesmo na questão de trabalhar, que eles vivem da pesca, fauna e também da agricultura familiar e não estão trabalhando”, ressaltou o pároco da cidade, padre Antônio José. 

Em Faro neste ano, a Ecam realizou a doação de 150 cestas básicas com kits de higiene e limpeza e deve ainda neste mês encaminhar mais 50 cestas básicas com kits de higiene e limpeza. Além das cestas básicas a Ecam realizou a doação de 5 mil unidades de luvas em látex descartáveis, 5 mil unidades de máscaras cirúrgicas descartáveis, 500 unidades de máscaras NK95, 70 macacões hospitalares e duas válvulas reguladoras com fluxômetro para oxigênio, equipamentos demandados pela Secretaria Municipal de Saúde de Faro.   

De acordo com a secretária de Saúde de Faro, Edilza Farias, o aumento dos casos de covid-19 no município, tanto na zona urbana quanto nas comunidades gerou uma demanda excedente no uso de insumos para os profissionais da linha de frente. Ela ressaltou a importância das doações. “A situação de Faro é alarmante, os índices de contaminação multiplicaram-se rapidamente e, o município não tinha capacidade de atender a demanda, muitos dos nossos municípios apresentaram a forma mais grave dessa doença, as doações foram de suma importância nos ajudando ao combate, equipando de forma mais segura a nossos profissionais na linha de frente, além de conseguirmos válvulas reguladoras de oxigênio com fluxômetro para ter mais precisão no tratamento de nossos pacientes”, enfatizou a secretária. 

Além das ações na Calha Norte, iniciadas em 2020, a Ecam também está apoiando com ajuda humanitária e ações de enfrentamento à covid-19 nos municípios que integram o Baixo Amazonas como Santarém, Mojuí dos Campos e Belterra. “Estamos em constante conversas com as secretarias de saúde dos municípios, entre outros atores, para diagnosticar de forma eficiente ações que possam minimizar os impactos da covid-19 nos territórios. É um desafio para todos nós, nossa equipe multidisciplinar e os nossos parceiros nos possibilitaram nos adaptar a este cenário onde o mais importante neste momento é a solidariedade”, finalizou Vasco van Roosmalen, presidente da Ecam. 

Fonte: Portal Santarém e Martha Costa 

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil