Fotografo: Reprodução
...
Secretária de Saúde Dayane Lima está representando Santarém no evento

O município de Santarém está participando do VI Fórum de Monitoramento do Plano de Ações Estratégicas para Enfrentamento das Doenças Crônicas não Transmissíveis (DCNT). Santarém está sendo representada pela secretária municipal de Saúde, Dayane Silva. O evento iniciou na manhã desta terça-feira, 5, em Brasília, no auditório do San Marco Hotel e é financiado pela Organização Pan Americana da Saúde (OPAS), e tem custo zero para o município. O Plano de Ações foi elaborado pelo Ministério da Saúde (MS) e diversas instituições que tratam sobre a saúde no país, com intuito de promover o desenvolvimento e a implantação de políticas públicas mais efetivas, integradas, sustentáveis e baseadas em evidências para a prevenção e o controle das DCNT e seus fatores de risco e apoiar os serviços de saúde voltados às doenças crônicas. 

“É muito importante nossa participação neste evento, pois precisamos conhecer os avanços no monitoramento e controle das DCNTs, para avançar em nossas estratégias locais, no intuito de levar a cada dia uma melhor qualidade de vida à nossa população que necessita das políticas públicas da saúde, para a melhoria de sua qualidade de vida”, destacou Dayane.

Circulatórios, câncer, respiratórios crônicas e diabetes são os quatro grupos prioritários do Plano, levando em consideração seus fatores de risco como o tabagismo, álcool, inatividade física, alimentação não saudável e obesidade, que dentre as estratégias local estão a busca ativa pelas equipes de Saúde, que são cadastrados e acompanhados pelas Unidades Básicas de Saúde (UBS), além do trabalho constante da Educação em Saúde nessas Unidades para reduzir as DCNTs. Em Santarém, a Semsa faz o acompanhamento, por meio de aproximadamente 150 grupões, levando-se em consideração os três principais eixos do Plano, que são: a vigilância, a informação, avaliação e monitoramento; a promoção da saúde e cuidado integral.

O último Fórum de monitoramento do Plano aconteceu em 2017 em Maceió, juntamente com o 1º Seminário de Vigilância de Doenças Crônicas Não Transmissíveis e Promoção da Saúde. Em 2019, o evento realiza o Seminário de Avaliação da Política Nacional da Redução da Morbimortalidade por Acidentes de Violências. O Evento seguirá até o dia 07 de novembro. Com informações e foto da Semsa/Agência Santarém.

Fonte: Portal Santarém