Fotografo: Reprodução
...
Hospital Regional do Tapajós funcionará como Hospital de Campanha e sem estrutura necessária

Em Nota encaminhada à nossa reportagem, a Associação dos Filhos de Itaituba (ASFITA) declara repúdio ao governador do Pará, Helder Barbalho, e ao prefeito de Itaituba, Valmir Clicado, pela falta de compromisso e respeito com a população do Município.

Segundo a Nota, o Governador anunciou que a inauguração do Hospital Regional será feita com apenas 18% da sua capacidade, de forma emergencial, para atender pacientes  com COVID-19, passando a funcionar como hospital de campanha, sem no entanto, oferecer a estrutura necessária, considerando que, "os 10 respiradores pulmonares, foram "emprestados" para Santarém, assim como as camas, foram retiradas durante a madrugada do último domingo, de acordo com postagens nas redes sociais e também levadas para Santarém. Já o prefeito Valmir Climaco, através de um áudio, compactua com as ações do Governador e, declara ter também emprestado os respiradores da saúde pública municipal, para Santarém. Veja abaixo, a Nota na íntegra:

“NOTA DE REPÚDIO

A Associação dos Filhos de Itaituba - ASFITA, manifesta seu mais veemente REPÚDIO, ao governador do estado, Sr. Helder Barbalho, por sua falta de compromisso e respeito para com a população itItubense.

De forma irresponsável e leviana, após adiar tantas vezes, a inauguração do Hospital Regional TEÓFILO FURTADO, o governador anuncia sua inauguração com apenas 18% da sua capacidade, de forma emergencial, para atender pacientes  com COVID-19, passando a funcionar como Hospital de Campanha, sem no entanto, oferecer a estrutura necessária, considerando que, "os 10 RESPIRADORES PULMONARES, foram "emprestados" para Santarém, assim como as camas, foram retiradas durante a madrugada do último domingo, de acordo com postagens nas redes sociais e também levadas para Santarém.

Nosso REPÚDIO, estende-se ao prefeito Valmir Climaco, que de forma irresponsável e desrespeitosa com a população, através de áudio, compactua com as ações do governador e, declara ter também emprestado os respiradores da saúde pública municipal, para Santarém.

Diante da falta de ação na defesa dos interesses da população, que além do descaso que sofre há anos,  por parte da classe política, o que se soma neste momento, à ameaça desta pandemia, nos levando a perdas de muitas vidas por falta de estrutura na saúde pública do nosso município, a ASFITA, estende  ainda, seu REPÚDIO, à grande maioria dos membros do Legislativo Municipal e Estadual, bem como  aos representantes do Ministério Público, que em SILÊNCIO, assistem os DESMANDOS dos chefes dos poderes Executivo estadual e municipal, sem se posicionarem na defesa do povo.

A ASFITA, indignada, REPUDIA, a todos os que, não respeitam o direito do povo, pela vida e pela dignidade humana.

Comissão Provisória da ASFITA - Associação dos Filhos de Itaituba.

Itaituba, 23/06/2020”.

Fonte: Portal Santarém