Fundador jornalista Jerffeson de Miranda
Aos 10 de janeiro de 2018

Cidadão Repórter

(93)91472925

Santarém(PA), Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2024 - 07:44
07/10/2023 as 14:02 | Por Redação |
Seca do Rio Tapajós pode isolar Itaituba, no Pará
A denúncia foi feita pelo vereador Peninha, que está acompanhando a situação da seca no Rio Tapajós
Fotografo: Reprodução
Devido inúmeras praias que apareceram no meio do rio, a balsa está tendo dificuldades para travessia no trajeto Miritituba-Itaituba-Miritituba

A denúncia é do vereador Peninha, que vem acompanhando a situação da seca do Rio Tapajós, na região do município de Itaituba. Na manhã de quinta-feira (05), o prefeito de Itaituba, Valmir Climaco, juntamente com o Presidente da Câmara, Dirceu Biolchi e representantes da empresa Rodonave, estiveram vendo in loco a situação da seca do Rio Tapajós, em frente a cidade de Itaituba e do Distrito de Miritituba. 

Nenhuma descrição disponível. 

Segundo o vereador Peninha, devido inúmeras praias que apareceram no meio do Rio Tapajós a balsa está tendo dificuldades para travessia neste trajeto Miritituba-Itaituba-Miritituba. Uma travessia que antes levava 30 minutos agora está levando mais de 1 hora e, assim mesmo, de vez em quando a balsa encalha em barrancos no meio do rio, sendo necessário o deslocamento de outro rebocador para retirá-la. 

 

O prefeito Valmir Climaco de Aguiar já entrou em contato com o DNIT, no sentido de solicitar apoio para que seja feito a dragagem desta parte do Rio Tapajós que está prejudicando a travessia, podendo a qualquer momento a balsa suspender este serviço e com isso Itaituba ficará isolada. 

Nenhuma descrição disponível. 

Também, segundo Peninha, o Deputado Federal José Priante, ao tomar conhecimento desta situação, esteve com o Ministro dos Portos, Silvio Costa Filho, quando comunicou o fato e pediu apoio para dragagem do Rio Tapajós.  

Nenhuma descrição disponível. 

“A situação não é fácil, uma vez que cada dia que passa o Rio Tapajós seca mais e com isso novas praias surgem em frente a cidade de Itaituba”, lembrou o edil. “Temos que fazer alguma coisa, porque se não vai parar o serviço de travessia da balsa e com isso ninguém atravessa tanto de Miritituba como de Itaituba. Enormes filas de veículos vão se formar, tanto em Miritituba como em Itaituba, olha o caos, já pensou”, indagou Peninha. 

Nenhuma descrição disponível. 

“Também este possível isolamento ameaça o abastecimento da cidade”, destacou Peninha. “Pode encarecer mais ainda a chegada dos produtos na cidade de Itaituba, já que vão ser transportados de Miritituba para Itaituba em pequenas embarcações, gerando novas despesas para o comércio e causando o aumento de preço dos produtos para o consumidor”, afirmou Peninha. 

Nenhuma descrição disponível. 

“Outra questão, é do combustível para abastecer a região de Trairão, Moraes Almeida, Novo Progresso. Os veículos que transportam combustível das distribuidoras em Itaituba não vão atravessar, com isso ocorrerá um desabastecimento na região das comunidades garimpeiras”, finalizou Peninha. 

 

Fonte: Portal Santarém 

 

 

 

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil