Fundador jornalista Jerffeson de Miranda
Aos 10 de janeiro de 2018

Cidadão Repórter

(93)91472925

Santarém(PA), Sábado, 22 de Junho de 2024 - 10:30
05/05/2024 as 09:20 | Por Redação |
Projeto "Mostra Pirão: Circuito de Cinema" é lançado no Quilombo Arapemã, em Santarém
O projeto é patrocinado pela Lei Paulo Gustavo, a nível estadual, com apoio do Ministério da Cultura e da Secult
Fotografo: Bárbara Vale
A cidade escolhida para inaugurar esse circuito é Santarém, mais especificamente o Quilombo Arapemã

Com o objetivo de levar o cinema às comunidades do Baixo Amazonas, o projeto "Mostra Pirão: Circuito de Cinema" será lançado neste domingo, dia 5 de maio, no Quilombo Arapemã, localizado na área de várzea em Santarém. Patrocinado pela Lei Paulo Gustavo e com apoio do Ministério da Cultura e da Secult, a iniciativa promete democratizar o acesso à produção cinematográfica local, proporcionando uma experiência cultural única e com acessibilidade para os moradores de 7 municípios da região. O projeto tem duração de 7 meses.  

Nenhuma descrição disponível.  

O idealizador do projeto, Carlos Bandeira, compartilhou que a iniciativa visa difundir a produção audiovisual local, proporcionando uma plataforma para que esses filmes alcancem um público mais amplo. Ele enfatiza que muitos desses filmes acabam disponíveis apenas no YouTube, com acesso limitado, e a "Mostra Pirão" vem preencher essa lacuna ao levar essas produções diretamente para o público de forma presencial. 

  

A cidade escolhida para inaugurar esse circuito é Santarém, mais especificamente o Quilombo Arapemã. A equipe montará um telão em um espaço aberto da comunidade, garantindo que o maior número possível de moradores possa participar. Um dos destaques da programação é o filme “Se esse rio falasse”, dirigido por Lia Malcher, que também é uma das coordenadoras do projeto. 

Nenhuma descrição disponível.  

A Mostra está planejado para percorrer as cidades de Santarém, Mojuí dos Campos, Belterra, Alenquer, Monte Alegre, Juruti e Oriximiná. Além disso, estão previstas três exibições especiais em Santarém, abrangendo desde um bairro urbano até a comunidade quilombola Arapemã na várzea e a Terra Indígena Munduruku do Planalto Santareno. 

  

Acessibilidade em destaque 

O diferencial da "Mostra Pirão" vai além da simples exibição de filmes. Keliane Bandeira, coordenadora do evento e assessora de acessibilidade, destaca: “O projeto também busca promover a acessibilidade, oferecendo serviços como tradução em Libras e audiodescrição”. Segundo ela, a acessibilidade é crucial para garantir que todas as pessoas, independentemente de suas capacidades físicas, possam participar e se sentir incluídas nessa experiência da sétima arte”, enfatizou. 

Nenhuma descrição disponível.  

Ao abordar temas locais e histórias diversas, o projeto não apenas destaca a produção regional, mas também promove um diálogo com o público que muitas vezes não tem acesso a esse tipo de conteúdo. As sessões estão meticulosamente organizadas para envolver a comunidade, incentivando um senso de pertencimento e reconhecimento das diferentes narrativas que compõem a região do Baixo Amazonas. 

  

Com um enfoque na diversidade e na inclusão, a "Mostra Pirão: Circuito de Cinema" se apresenta como uma oportunidade única para celebrar e valorizar as produções culturais locais, ao mesmo tempo em que promove a união e o entendimento mútuo dentro da comunidade. 

  

Texto de Natashia Santana, com fotos de Bárbara Vale  

Fonte: Portal Santarém 

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil