Fundador jornalista Jerffeson de Miranda
Aos 10 de janeiro de 2018

Cidadão Repórter

(93)91472925

Santarém(PA), Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2024 - 08:47
11/02/2024 as 07:58 | Por Redação |
Projeto esportivo que vai atender crianças e adolescentes de escolas públicas é lançado
Projeto foi lançado na manhã de sábado, 10, no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) São José Operário
Fotografo: Agência Santarém
O projeto “Crescendo para o Bem” de iniciativa da Organização dos Pesquisadores Acadêmicos (OPABRASIL)

Foi lançado na manhã de sábado, 10, no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) São José Operário, o projeto “Crescendo para o Bem” de iniciativa da Organização dos Pesquisadores Acadêmicos (OPABRASIL). 

 

O “Crescendo para o Bem” conta com apoio da Prefeitura de Santarém, por meio das Secretarias Municipais de Assistência Social (Semtras) e de Esporte e Lazer (Semjel), e irá durar 8 meses, com atividades contínuas de fomento ao esporte. 

 

O “Crescendo para o Bem”, visa construir valores e a formação de cidadãos conscientes de seu papel na formação de uma sociedade justa e irá atender 200 crianças e adolescentes dos gêneros masculino e feminino, na faixa etária de 10 a 16 anos, oriundos de escolas públicas municipais ou estaduais compreendidas nos bairros: São José Operário, Area Verde, Livramento, Interventoria e Diamantino. 

 

Estiveram participando do lançamento o secretário de Turismo Alaércio Cardoso. representante da patrocinadora do projeto Equatorial Energia, Meciano Feitosa, representando o Cras São José Operário, Rudinei Silva, Eriana Coelho, representando a Semjel, Fabriane Batista, representando os pais e o coordenador da OPA Brasil, Marcos Norat. 

 

O professor de educação física, Geam Saraiva, destacou os objetivos do projeto que além de ofertar jogos de futebol ele irá possibilitar que os participantes possam ser cidadãos de bem. 

 

"Será trabalhado as táticas de futebol de campo para meninos e meninas, promovendo formação cidadã. E trabalhar sobre os valores como respeito, humildade, resiliência e liderança, para que fiquem longe das ruas, longe das violências, para que se tornem cidadãos de bem". Explicou o professor. 

 

"Eu gosto de jogar bola, vi essa oportunidade e quis jogar," disse Mateus Araújo, de 16 anos. 

 

Glenda Yasmim Nascimento, de 10 anos, contou que sempre teve vontade de jogar futebol, ela via o irmão jogar, mas não podia por ser pequena e ser time de meninos maiores. 

 

"Eu gosto muito do futebol e quis participar, eu, meu irmão e meu sobrinho, vamos jogar, quero aprender a técnica, vou fazer muitos gols e quero ser uma boa jogadora," contou a participante. 

 

Fabriane Batista, estava representando os pais, ela contou sobre a importância de levar o esporte para o Cras. 

 

"É uma grande satisfação e poder incentivar nossos filhos a participar, é muito bom. Poder conversar com minha filha para participar e sair mais do celular, trabalhar o esporte em comunidade, incentivar nossas crianças e nossos jovens," contou a mãe. 

 

O coordenador da OPA Brasil, Marcos Norat, contou que foi muito importante firmar a parceria com a Semtras para poder ajudar as crianças e adolescentes da área. 

 

"Nós entregamos uniforme completo, inclusive com a chuteira, e vamos trabalhar com os participantes destacando os valores do esporte e de cidadania, essa parceria com a Semtras, foi importante por abranger os bairros do entorno do Cras." 

 

A Secretária Municipal de Trabalho e Assistência Social, Celsa Brito, destacou a importância das atividades esportivas na vida das crianças e adolescentes. 

 

"É uma alegria em poder trazer essa parceria com a OPA, para dentro do Cras, somando forças, trazendo as técnicas do futebol e os ensinamentos sobre o futebol, o que é saudável e possa mudar as vivências e contribuir com um futuro para os participantes, " observou Celsa Brito Secretária Municipal de Trabalho e Assistência Social. 

 

Por: Geisa de Oliveira/Ascom-Semtras 

Fonte: Portal Santarém 

 

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil