Fundador jornalista Jerffeson de Miranda
Aos 10 de janeiro de 2018

Cidadão Repórter

(93)91472925

Santarém(PA), Sábado, 22 de Junho de 2024 - 10:17
21/05/2024 as 14:39 | Por Redação |
Programa de Aquisição de Alimentos encerra ciclo de compras beneficiando mais de 1.300 famílias
O investimento total para aquisição dos alimentos foi de R$375.666,93
Fotografo: Reprodução
O PAA é reconhecido como um instrumento crucial para a promoção da segurança alimentar e nutricional.

Nos últimos oito meses, o município de Óbidos, oeste do Pará, fortaleceu o recebimento dos alimentos do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Ao todo, 1.300 famílias atendidas pelo programa foram beneficiadas, além de 33 agricultores familiares credenciados como fornecedores. 

O investimento total para aquisição dos alimentos foi de R$375.666,93. 

Produção ribeirinha sendo levada para o Programa de Aquisição de Alimentos na sede. Foto: Divulgação/Semdes. 

 

O Programa de Aquisição de Alimentos é uma iniciativa do Governo Federal para promover o acesso à alimentação e incentivar a agricultura familiar. Em Óbidos, o programa é executado pela Prefeitura de Óbidos, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes). 

Segundo a secretária municipal de Desenvolvimento Social, Aldanete Farias, por meio do programa, o governo compra a produção de agricultores familiares e doa essa produção para famílias em situação de vulnerabilidade. 

“Essa proposta a qual o município foi contemplado ano passado, começou a execução no dia 05/10/2023 e finaliza hoje dia 21/05/2024. Atendemos 1.300 famílias da cidade e zona rural. É oportuno frisar, que o kit PAA é um benefício eventual, onde o público prioritário é aquele considerado em maior situação de vulnerabilidade socioeconômica”, esclareceu Aldanete. 

De acordo com a coordenadora do Programa de Aquisição de Alimentos no município, Valdiléia Paiva, no período de atividade da proposta, foram adquiridos o quantitativo aproximado de 15 toneladas de alimentos oriundos da agricultura familiar. 

Valdiléia Paiva, coordenadora do PAA no município de Óbidos. Foto: Odirlei Santos/Ascom/PMO 

 

“Durante a execução dessa proposta nós tivemos a aquisição de uma variedade de produtos, são aproximadamente 15 toneladas de alimentos doados para quem mais precisa. E a gente percebe a satisfação de cada agricultor em fornecer estes alimentos, porque o PAA trouxe a eles uma oportunidade a mais para que eles pudessem estar vendendo seus produtos com um preço justo e maior valorização. Isso também fortalece a agricultura familiar em nosso município”, ressaltou a coordenadora. 

O PAA é reconhecido como um instrumento crucial para a promoção da segurança alimentar e nutricional, combate à fome e fortalecimento da agricultura familiar. Por meio dele, são adquiridos produtos como: abacate, abacaxi in natura, batata doce, caju, cará, castanha da Amazônia, laranja, pupunha, melancia, acerola, manga, mamão, banana, farinha de tapioca, goma de tapioca, macaxeira, jerimum, feijão, ovos de caipira, tomate, goiaba, piracuí, pimenta de cheiro, couve, espinafre, cheiro verde, maxixe, e farinha de mandioca. 

Nesta terça-feira, 21, o município realizou a última compra prevista no cronograma da proposta atual. Os alimentos serão doados para as famílias em vulnerabilidade alimentar por meio da rede socioassistencial local. 

Valdiléia Paiva, ressaltou a importância do engajamento do município em aderir ao “Termo de Adesão” que tem vigência de um período de 12 meses, o que possibilitou a habilitação para execução do programa. 

“Estamos finalizando a proposta de quase 376 mil que o município recebeu do Governo Federal. Nos sentimos muito felizes em poder proporcionar às famílias vulneráveis mais segurança alimentar. A execução do PAA é uma ação do governo municipal, que se preocupa com o bem-estar da população que mais precisa. Fez o dever de casa, se inscreveu no programa e os benefícios chegaram para a nossa população”, finalizou Paiva. 

Por: Marcos Cantuário, com fotos de Fotos: Odirlei Santos/Ascom/PMO 

Fonte: Portal Santarém  

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil