Fundador jornalista Jerffeson de Miranda em 10 de janeiro de 2018

Cidadão Repórter

(93)91472925
Santarém(PA), Sábado, 15 de Maio de 2021 - 01:09
04/05/2021 as 09:10 | Por Redação | 336
População quilombola de Santarém será vacinada contra Covid-19 a partir desta terça-feira (04)
Devido à escassez de vacina, o cronograma é montado conforme o recebimento das doses
Fotografo: Reprodução
Ao todo, serão 6.770 doses para a faixa etária de 18 a 59 anos

A Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), segue avançando com o cronograma de vacinação contra o novo coronavírus. Agora será a vez das comunidades quilombolas que receberão a primeira dose do imunizante. Ao todo, serão 6.770 doses para a faixa etária de 18 a 59 anos. 

A imunização acontece dentro das comunidades e terá o acompanhamento das Associações e da Federação das Organizações Quilombolas de Santarém (FOQS) que representa o grupo prioritário. As datas foram definidas pela Semsa, com o aval do Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA). 

"Vamos vacinar a população quilombola dentro das comunidades. É mais um avanço da vacinação em nosso município", afirma Vânia Portela, secretária municipal de Saúde. 

É importante destacar que no ato de vacinação, as pessoas precisam levar o Cadastro de Pessoa Física (CPF), o Cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) e a carteira de vacinação. 

Devido à escassez de vacina, o cronograma é montado conforme o recebimento das doses. A Semsa aguarda o repasse de novas doses para prosseguir a imunização de outras faixas etárias, de acordo com o que estabelece o Plano Nacional de Imunização (PNI). Em todo o município mais de 42 mil doses de vacinas já foram aplicadas. 

Veja a Programação: 

04/05 - Terça-feira 

Comunidades Tiningu e Mururu - Manhã 

Comunidades Murumurutuba e Bom Jardim 

05/05 - Quarta-feira 

Comunidades São José e São Raimundo do Ituqui - Manhã 

Comunidade Nova Vista Tiningu - Tarde 

06/05 - Quinta-feira 

Comunidade do Surubiaçu - Manhã 

Comunidades Arapemã e Saracura 

07/05 - Sexta-feira 

Território Urbano, Pérola do Maicá - 9h às 16h 

08/05 - Sábado 

Território Urbano, Sede da FOQS - 9h às 12h 

 

BOLETIM ATUALIZADO DA  COVID-19 

A Prefeitura de Santarém, em nova atualização do boletim da Covid-19, às 21 horas de segunda-feira 03, informa que há 17.666 casos confirmados no município. Existem 16.635 pessoas recuperadas, 963 óbitos, 21.095 resultados negativos, 95 análises, 2.117 monitorados e 83.433 monitorados já recuperados. 

A Prefeitura informa que há registro de 07 novos óbitos em decorrência da Covid-19 divulgados pela SESPA. As mortes ocorreram entre 29/04 e 02/05. São 4 homens e 3 mulheres. 

1 morte no dia 29/04: mulher de 51 anos 

2 mortes no dia 30/04: um homem de 61 anos e um homem de 74 anos 

2 mortes no dia 01/05: um homem de 56 anos e uma mulher de 73 anos 

2 mortes no dia 02/05: um homem de 66 anos e uma mulher de 63 anos. 

Outros 06 óbitos estão sendo investigados. 

A atualização de segunda-feira acrescentou 15 novos casos positivos. A Prefeitura informa ainda que 68 pacientes estão em isolamento clínico-hospitalar ou domiciliar.  

A rede Hospitalar de Santarém possui no momento 71 leitos de UTI exclusivo para covid-19 (64 adultos, 3 neonatal e 4 pediátrico) disponíveis dos quais 60 estão ocupados, sendo 44 com casos confirmados  e 16 com suspeitos. 

Há 3 leitos ocupados na UTI Pediátrica com  casos suspeitos. A UTI Neonatal possui 2 leitos ocupados com casos suspeitos. 

Dos 64 leitos para adultos, 55 estão ocupados (85,93%) com 44 pacientes positivados e 11 suspeitos. Todos os pacientes estão no HRBA. Não há pacientes na fila de espera para ocupar um leito de UTI.  

Existem 163 leitos clínicos disponíveis exclusivos para covid-19. Desse total, 63 estão ocupados (52,76%). São 63 casos positivos e 23 com casos suspeitos.  

A Prefeitura reforça que o isolamento social, as medidas de higiene e de etiqueta social são fundamentais no combate ao novo coronavírus. Lave as mãos sempre, use álcool em gel e máscaras sempre. Só saia de casa se for preciso. 

Por:  Weldon Luciano/Semsa/PMS 

Fonte: Portal Santarém

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil