Fundador jornalista Jerffeson de Miranda
Aos 10 de janeiro de 2018

Cidadão Repórter

(93)91472925

Santarém(PA), Sábado, 22 de Junho de 2024 - 10:46
07/06/2024 as 13:40 | Por Redação |
O que devo saber antes de ir para o Chile: Informações essenciais para sua viagem
Há muitas coisas a considerar, desde a documentação necessária até aspectos culturais e práticos
Fotografo: Reprodução
O país, com sua capital Santiago, é conhecido por suas belezas naturais

O que devo saber antes de ir para o Chile: visto, documentos, clima, moeda, espanhol chileno, costumes locais, atrações turísticas e culinária típica. 

Preparar-se adequadamente antes de viajar para aproveitar ao máximo sua jornada é bem importante, portanto, o que devo saber antes de ir para o Chile é crucial. 

Há muitas coisas a considerar, desde a documentação necessária até aspectos culturais e práticos. Este guia traz todas as informações importantes para seu planejamento. 

O país, com sua capital Santiago, é conhecido por suas belezas naturais. Os variados cenários vão dos picos nevados das Cordilheira dos Andes no Chile a desertos e costas lindas. Um país de 19,49 milhões de habitantes, o Chile tem um governo republicano presidencialista, comandado por Gabriel Boric. 

Informações Gerais sobre o Chile 

O Chile é um país cheio de vida na América do Sul. Sua cultura rica e paisagens bonitas encantam os visitantes. 

Capital e Cidades Principais 

A capital do Chile é Santiago, uma cidade movimentada. Aqui, veja a mistura de prédios antigos e novos. Outras cidades principais incluem Valparaíso, Viña del Mar, e Concepción, cada uma com sua beleza. 

Idioma e Governo 

O espanhol é o idioma oficial do Chile. Todos falam espanhol na região. O país tem um governo republicano presidencialista. O presidente atual é Gabriel Boric. 

Área, População e Moeda 

O Chile tem 756.950 km² e faz fronteira com vários países e o Oceano Pacífico. Cerca de 19,49 milhões de pessoas vivem lá. A moeda é o Peso Chileno (CLP). 

Chegando ao Chile 

Ao chegar ao Chile, você vai passar pelo Aeroporto Internacional Arturo Merino Benítez. Fica em Santiago, a apenas 20 minutos do centro. Um terminal internacional novo, o T2 Nueva Pudahuel, também está disponível, tornando as viagens mais modernas. 

Opções de Transporte do Aeroporto 

Para ir ao centro de Santiago do aeroporto, você tem várias opções de transporte. Pode usar os ônibus oficiais que levam ao metrô, como Ruta Maipú e TurBus Aeropuerto. Isso é uma boa opção para economizar, mas pode demorar se o seu destino final não estiver perto. 

Transfer Privado: A Opção Mais Segura 

Quem quer conforto e segurança pode escolher um transfer privado no Chile. Empresas confiáveis, como a Vem Me Buscar do grupo Sousas Tour, oferecem esse serviço. Assim, sua chegada ao Chile é mais tranquila e sem preocupações. 

Documentos Necessários para Entrar no Chile 

Para visitar o Chile, turistas brasileiros precisam de alguns documentos na chegada. O que você precisa pode mudar, dependendo do documento de identificação que você tem. 

RG ou Passaporte 

Você pode entrar no Chile com sua RG recente para o Chile, emitida há menos de 10 anos. Mas, levar seu passaporte do Brasil é uma boa opção. As autoridades do Chile aceitam bem o passaporte brasileiro. 

Declaração SAG e Declaração Digital 

Além dos seus documentos, é preciso preencher a Declaração SAG Chile. Nela, você diz se tem produtos animais ou vegetais. Você também deve fazer a Declaração Digital para o Chile antes de viajar. É um formulário online importante. 

Comprovante de Renda Mínima 

Recentemente, as regras chilenas mudaram. Agora, precisam ver um comprovante de renda mínima pro Chile. Você deve mostrar que tem uma renda de pelo menos US$ 46 por dia que ficará no Chile. Isso é para garantir que você tem dinheiro suficiente para sua viagem. 

O que devo saber antes de ir para o Chile? 

Antes de viajar para o Chile, é bom saber alguns detalhes importantes. A moeda chilena é o Peso Chileno (CLP). Você pode trocar dinheiro em casas de câmbio em Santiago troca reais por pesos. 

É uma boa ideia fazer o câmbio de real para peso chileno no aeroporto. Assim, você terá dinheiro local assim que chegar. 

Voltagem e Tomadas 

A voltagem no Chile é de 220V, enquanto no Brasil é 110V. Isso quer dizer que aparelhos brasileiros sem bivolt podem não funcionar lá. Então, lembre-se de levar um adaptador de voltagem se for o caso. 

As tomadas elétricas chilenas têm três pinos. Então, você precisa de um adaptador de tomada próprio para usá-las. 

Época de Neve e Estações de Esqui 

O inverno no Chile começa no dia 21 de junho. A época de neve mais forte é em julho. Se você gosta de esportes de inverno, vai adorar as estações de esqui perto de Santiago. 

Lá você encontra lugares como Farellones, El Colorado, La Parva e Valle Nevado. São perfeitos para esquiar, fazer snowboard e curtir a neve de outras formas. 

Requisitos de Entrada Atualizados 

Com a situação melhorando, o Chile mudou as regras Covid para entrar no Chile. Desde setembro de 2022, não precisa mais da Declaração C19 para entrar. Isso deixou a entrada mais fácil. 

Regras de Entrada Relacionadas à Covid-19 

Todos devem ter o comprovante de vacinação contra a Covid no Chile. Ou então, se não vacinados, é necessário testar e mostrar um resultado PCR negativo. 

Isso ajuda a manter a todos seguros. Desde moradores locais até quem visita o país. 

Comprovante de Vacinação 

Quem já tomou todas as doses da vacina só precisa mostrar o comprovante. O documento deve ser aceito pelas autoridades chilenas. Assim, não é preciso fazer mais testes para entrar no Chile. 

Autorizações para Menores de Idade 

Se estiver viajando com menores que não estão com um dos pais, atenção. Você precisa de uma autorização de viagem para menores no Chile. Ela deve ser assinada pelos pais ou responsáveis. 

Essa regra é importante para cuidar dos menores. E também evita problemas na viagem. 

As regras para entrar podem mudar a qualquer momento. Por isso, fique de olho nas notícias do governo chileno antes de ir. 

Conclusão 

Ao planejar sua viagem ao Chile, é chave ter os documentos certos. Leve seu RG ou passaporte válidos. Não se esqueça das declarações necessárias, dos comprovantes de renda e de vacinação. 

Olhe também as regras de entrada no país, o tipo de tomadas elétricas e onde trocar dinheiro. Saiba qual o melhor momento para atividades que você gosta. Isso inclui o período da neve. 

Com um bom planejamento, sua viagem será sem problemas. Assim, você vai curtir as maravilhas naturais e culturais do Chile. 

Ao viajar para o Chile, tenha seu RG ou passaporte à mão. Preencha as declarações pedidas, como a Declaração SAG. E faça a Declaração Digital para entrar. 

Prepare seus documentos, incluindo a vacinação contra Covid-19. É importante saber sobre as regras de entrada. As tomadas elétricas lá são de três pinos e funcionam com 220V. 

É bom pesquisar sobre a moeda local, o Peso Chileno (CLP). Com um planejamento certo, sua viagem será ótima. Aproveite as paisagens e a cultura do Chile. 

Pense na melhor época para fazer o que gosta, como esquiar. Assim, lugares como Farellones e Valle Nevado estarão abertos e em seu melhor momento. 

 

Com informações da Ascom 

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil