Fundador jornalista Jerffeson de Miranda
Aos 10 de janeiro de 2018

Cidadão Repórter

(93)91472925

Santarém(PA), Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2024 - 08:48
24/10/2023 as 12:36 | Por Redação |
Nuvem de fumaça encobre Santarém e hospitais lotam de pacientes com problemas respiratórios
A maioria dos pacientes que procuraram as unidades, em busca de tratamento por complicações respiratórias, são crianças e idosos.
Fotografo: Manoel Cardoso
Fumaça encobre as principais áreas de Santarém

Moradores de Santarém, no oeste do Pará, foram surpreendidos na manhã desta terça-feira, 24, com uma espessa nuvem de fumaça, que encobre as principais áreas da cidade.  

 

A nuvem cinzenta que cobre prédios e pontos turísticos, segundo a Defesa Civil, é provocada por fumaça de queimadas, com maior intensidade na zona rural do município.  

 

Devido a péssima qualidade do ar provocado pela fumaça, hospitais públicos e Unidades Básicas de Saúde (UBSs) receberam dezenas de pessoas, na manhã de hoje, com sintomas de doenças respiratórias.  

 

Uma fonte, ligada à saúde pública municipal, informou que a maioria dos pacientes que procuraram as unidades, em busca de tratamento por complicações respiratórias, são crianças e idosos.  

 

Imagens feitas em diferentes pontos de Santarém, mostram que hoje, a fumaça está por toda a cidade.  

 

SECA NA AMAZÔNIA  

A pouco mais de 100 quilômetros de Santarém, em Alenquer, carcaças de peixes e quelônios, espalhadas pelo leito seco de um lago, assustam e preocupam moradores.  

 

Outra situação que chama atenção, por conta da seca, está relacionada ao Balneário de Alter do Chão, o 'Caribe da Amazônia'. No local, devido o canal que liga a Vila à Ilha do Amor secar, os turistas atravessam a pé, causando problemas financeiros para os catraieiros. 

 

Meteorologistas da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) avaliam que o El Niño no Oceano Pacífico e as águas mais quentes no Oceano Atlântico podem ter relação com esses fenômenos que vêm preocupando a comunidade científica e os milhões de habitantes da Amazônia. 

 
Por: Manoel Cardoso 

Fonte: Portal Santarém 

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil