Fundador jornalista Jerffeson de Miranda
Aos 10 de janeiro de 2018

Cidadão Repórter

(93)91472925

Santarém(PA), Sábado, 24 de Fevereiro de 2024 - 23:56
16/11/2023 as 08:11 | Por Redação |
Nélio, ministros Jader Filho e Waldez Góes, e Helder anunciam medidas de combate à estiagem
Continuidade da distribuição de cestas básicas e água, o pagamento de auxílio aos pescadores e fornecimento de combustível estão entre as medidas
Fotografo: Sem Dados
Visita técnica à comunidade de Igarapé da Praia, aconteceu na manhã de quarta-feira, 15

Em visita técnica à comunidade de Igarapé da Praia, na manhã de quarta-feira, 15, o prefeito Nélio Aguiar, acompanhado do governador Helder Barbalho, recebeu os ministros Jader Filho (Cidades) e Waldez Góes (Integração), que anunciaram um conjunto de ações para enfrentar os impactos da forte estiagem que assola o município de Santarém e a região oeste do Pará. A continuidade da distribuição de cestas básicas e de água potável, o pagamento de auxílio aos pescadores, o fornecimento de combustível e a implantação de microssistemas de abastecimento de água estão entre as medidas anunciadas. 

 

“É fundamental que possamos dialogar com as comunidades que estão sendo atingidas, com as estiagens e com as secas na Amazônia. Neste momento, nós trabalhamos de forma emergencial para diminuir o sofrimento das pessoas e poder fazer chegar benefícios que possam auxiliar atravessar esta dificuldade, mas por outro lado, também, consolidar ações que possam ser estruturantes, que possam ser definitivas, principalmente no que diz respeito ao acesso à água”, disse Helder Barbalho. 

 

O ministro Jader Filho afirmou que o Governo Federal está atuando de forma integrada para auxiliar os Estados da Região Norte do país. “Nossa vinda ao local é para que possamos conhecer e entender a realidade do que está acontecendo aqui no oeste do Pará e, obviamente, com nossa presença aqui ser solidários a essas famílias que estão sofrendo essa seca. A partir da orientação do presidente Lula, já foram liberados recursos empenhados de R$ 17,7 milhões para 13 municípios aqui da região. Nos próximos dias vamos trabalhar para que, na próxima, mais quatro municípios sejam atendidos e investimentos ampliados na ordem de R$ 4,4 milhões de reais, para poder atender essas famílias que estão sofrendo toda essa realidade”, informou Jader Filho. 

Ministros Jader Filho e Waldez Góes: combate à estiagem 

 

Além de Santarém, o Pará possui outras 20 cidades que estão em estado de emergência. “Essas ações para mitigar o sofrimento da população estão a todo vapor. Celeridade para o reconhecimento de situação de emergência, auxílio extraordinário para pescadores, entre outras. Tudo para fazer com que comida, água e combustível cheguem mais rápido a essas pessoas”, afirmou Jader Filho. 

 

Waldez Góes informou que, atualmente, a Amazônia tem 120 municípios vivendo essa estiagem. “Por determinação do presidente Lula, em parceria integral com o governo do Pará e os prefeitos das diversas regiões, o Governo Federal está atuando para amenizar esse sofrimento", afirmou o ministro. "Isso deve ser ampliado, porque está previsto que a estiagem atinja Roraima, agora em dezembro, somando-se ao Amapá e ao Amazonas, que também estão passando por esse período", completou. 

 

O prefeito Nélio Aguiar conduziu a comitiva e disse que a união de esforços entre as três esferas governamentais é de vital importância para executar ações que amenizem o sofrimento da população atingida. Ele informou que o município recebeu assistência do governo do Estado com cestas de alimento e água. 

 

“Comida, água e combustível são itens essenciais no momento para essas comunidades. As ações conjuntas entre prefeitura e governos federal e estadual têm feito toda a diferença no enfrentamento à estiagem. Hoje, é essencial ressaltar a gravidade da situação que aflige Santarém e algumas cidades do oeste paraense devido à forte estiagem. Essa condição climática demanda uma união efetiva entre os entes federativos para a implementação de ações emergenciais que possam mitigar os impactos e amparar a população afetada”, disse o prefeito Nélio Aguiar. 

 

“É imprescindível que haja um esforço conjunto entre as esferas municipal, estadual e federal para viabilizar soluções efetivas diante dessa emergência. A integração de políticas públicas e a mobilização de recursos são cruciais para amenizar os efeitos dessa estiagem e assegurar o bem-estar da população afetada," complementou o gestor municipal. 

 

Após a visita técnica, o prefeito Nélio, governador e os ministros estiveram reunidos na Associação Comercial e Empresarial de Santarém (ACES) com prefeitos, vereadores e lideranças comunitárias da região. 

 

Agradecimento - “Só essa semana já é a terceira agenda do governador na cidade. A gente só agradece, a gente sabe que em momentos como esse, o desastre da natureza, as coisas surgem de repente, as dificuldades A nossa capacidade de resposta é limitada. É o momento, realmente, de a gente unir todos. E graças a Deus, isso nós temos nesta ação articulada para garantir a assistência que a nossa população”, finalizou o prefeito Nélio Aguiar. 

 

Participaram a comitiva, além do prefeito e do secretário regional de governo José Maria Tapajós, os secretários municipais Emir Aguiar (Governo), Tadeu Cunha (Esporte e Lazer), Ronan Liberal Jr. (Planejamento), Sandra Santana (Portos), Paulo Jesus (Administração), Alberto Portela (Trânsito), e o coordenador Darlison Maia (Defesa Civil). 

  

Por: Alailson Muniz/PMS 

Fonte: Portal Santarém 

 

 

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil