Fundador jornalista Jerffeson de Miranda
Aos 10 de janeiro de 2018

Cidadão Repórter

(93)91472925

Santarém(PA), Terça-Feira, 16 de Abril de 2024 - 22:38
24/02/2024 as 12:36 | Por Redação |
Lira Maia: “José Maria Tapajós é o melhor para Santarém”
“Nós não podemos abrir mão de forma alguma do apoio do governador Helder Barbalho”, diz Lira Maia
Fotografo: Reprodução
O ex-prefeito e ex-deputado federal Lira Maia faz uma avaliação dos pré-candidatos à Prefeitura de Santarém

Por que José Maria Tapajós? 

Um dos principais objetivos de apoiar José Maria Tapajós é porque ele tem apoio do governador, além, é claro da sua vasta experiência e equilíbrio. Acredito que Santarém, a região, não pode abrir mão disso de jeito nenhum. Nós ficamos mais de 25 anos sem governador da região e o Helder tem sido espetacular com Santarém e com a região. É lógico que não fez tudo. 

 

Mas as parcerias que ele fez com o prefeito para a área de infraestrutura, para a área de educação e para as outras áreas, isso justifica muito. Nós não podemos aventurar. Não podemos ir atrás de votar em quem não vai ter o apoio do governador. Esse é o básico. Eu acredito muito que vai ter uma parceria forte do governador com o prefeito na área de saúde. 

 

O problema da saúde de Santarém não é o problema do prefeito de Santarém. O problema é regional. O governador, com certeza, vai firmar essa parceria porque toda a pressão que vem de todos os municípios da região para Santarém justifica uma ação forte do estado. E a minha sugestão, inclusive, ao José Maria, é essa, de que ele proponha ao governador uma parceria forte, assim como foi feito na área de infraestrutura, fazer também na área da saúde. 

 

Até porque a questão regional é a obrigação do governador. E essa questão regional, essa pressão regional de todos os municípios, é que faz o caos na saúde dos santarenos e de Santarém. 

 

Então, volto a afirmar, por essa parceria com o governador e pela experiência. Ninguém pode abrir mão disso, independente de ser direita, esquerda, canhota. Não tem problema. O que a gente não pode abrir mão é do apoio do governador. 

 

Santarém, como a terceira maior cidade do Pará, não pode entrar numa aventura. Então, nós temos que votar exatamente garantindo o equilíbrio do município. 

 

Qual sua avaliação sobre Maria do Carmo? 

A Maria é minha amiga, não tem problema nenhum, acho que ela faz um bom trabalho da Assembleia. Nós não podemos cometer o erro de perder isso. Nós só temos uma legítima representante na Assembleia Legislativa que é a Maria, e nós temos que preservar ela lá. O meu conselho é que ela nem venha candidata, porque ela é uma grande representante da região e de Santarém, genuinamente de Santarém, na Assembleia Legislativa. 

 

A gente passa tanto tempo para eleger um representante, quando elege a gente quer estragar, trazer de volta. 

 

Não justifica nenhuma essa fúria, essa vontade de tomarem conta de tudo, não justifica. Eu acho que a Maria tem que continuar fazendo o trabalho na Assembleia Legislativa, inclusive ajudando o prefeito a governar. Esse é o meu ponto de vista. 

 

Qual sua avaliação sobre JK? 

Eu acho que o JK, como vereador de oposição, tem sido muito bom. Fala do prefeito, mostra os problemas, mas só que para governar o município, terceiro município do estado, não é assim que funciona. 

 

Na realidade não é só apontar o problema, tem que apresentar solução para o problema. O pessoal na rua está até dizendo que o JK é o blogueiro fuxiqueiro. 

 

Na realidade o que ele tem feito? Por exemplo, eu não conheço, não sei. Qual a profissão, o que ele tem feito de positivo. Na realidade ele tem mostrado problema. 

 

E mostrar problema, se você quiser, você encontra problema até dentro da sua própria casa. E não é pouco. Então eu não acredito em candidato que só tem um lado, só faz fuxico de um lado. Acho que o JK deve preservar o mandato de vereador. Ele é excelente vereador de oposição. 

 

Nem para vereador de situação ele não presta, porque ele só sabe falar da vida dos outros. Minha análise é essa. 

 

Outra situação, é que a origem dele é do PC do B, Partido Comunista do Brasil. O cara agora quer dar uma de direitista, de ser direita, quer enganar o povo. Por que ele não veio por um partido desse, que é a origem dele? Ele nunca foi PL. E vai ser na hora que for conveniente? 

 

Considerações finais 

Por isso, pelo equilíbrio, pela experiência, pela convivência, pelo apoio que está tendo, arregimentando apoio de praticamente todos aqueles que pensam bem, que querem o bem para a Santarém, eu acho que o José Maria Tapajós é o melhor. 

 

É o melhor pré-candidato e vai ser o melhor candidato, não tenho dúvida disso. Eu acredito muito na eleição dele, até por esse apoio que ele recebe do governador, do prefeito, deputado federal, de tantas outras lideranças. 

 

Eu acho que o Santareno tem que refletir. Na minha opinião ele deve apoiar, aprovar, independente de ser da esquerda, direita, do centro. 

 

Eu acho que isso aí é pra disputa de Remo x Payssandu, de Flamengo x Vasco. É que a gente tem um lado ou outro. A gente tem que ser racional. O voto é racional. Por isso, nós não podemos abrir mão de forma alguma do apoio do governador. 

 

Eu não vou esconder de ninguém, todo mundo sabe que eu sou da direita, sou torcedor e cabo eleitoral do Bolsonaro. Não nego isso pra ninguém. Todo mundo sabe, minha amiga Maria sabe, o Everaldo sabe. Eu não sou do PT, nem me junto com isso. Agora, é fato, o JK tentando ir atrás e buscando, tentando se filiar ao PL. Com a expectativa que o pessoal do PL de Bolsonaro vai votar nele, até porque não é a origem dele. Não sabe nem o que ele está fazendo. Então, eu não vou ser enganado. E política não é arte de enganar as pessoas. 

 

Com informações de O Impacto 

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil