Fundador jornalista Jerffeson de Miranda
Aos 10 de janeiro de 2018

Cidadão Repórter

(93)91472925

Santarém(PA), Terça-Feira, 28 de Maio de 2024 - 07:52
11/04/2024 as 15:10 | Por Redação |
Henderson Pinto comemora nova etapa do Minha Casa, Minha Vida, no Pará
São mais de 112 mil novas moradias, com investimento previsto de quase 12 bilhões
Fotografo: Reprodução
Deputado participou, em Brasília, do lançamento da nova fase do Programa, nas modalidades Rural e Entidades

O deputado federal Henderson Pinto participou nesta quarta-feira, 10, em Brasília, do lançamento da nova fase do Programa Minha Casa, Minha Vida, nas modalidades Rural e Entidades, em todo o Brasil, inclusive no Pará, contemplado com 9.352 unidades. O anúncio ocorreu no Palácio do Planalto, com a presença do ministro das Cidades, Jader Filho, parlamentares e demais autoridades. São mais de 112 mil novas moradias, com investimento previsto de quase 12 bilhões. 

  

A nova fase do MCMV, vai beneficiar mais de 440 mil pessoas em áreas rurais e urbanas, de comunidades tradicionais, como quilombolas e povos indígenas, famílias organizadas pelos movimentos de luta por moradia, com prioridade para grupos mais vulneráveis, como mulheres chefes de família e moradores de locais de risco. 

  

“Sem dúvida, uma conquista para a nossa população, principalmente para o público alvo que será beneficiado nesta nota etapa. Quero, em especial, parabenizar o ministro Jader Filho pelo empenho que vem desenvolvendo no ministério, cujo objetivo é proporcionar moradia digna para quem precisa”, enfatizou o parlamentar.  

  

Pará 

Na modalidade Entidades, faixa 1, foram selecionados 2.117 unidades no Pará, sendo 621 para municípios da região oeste. Santarém foi contemplado com 412 unidades.  

  

Já na modalidade Rural 1, foram selecionadas 7. 235 unidades ao Pará, com destaque para Santarém, que receberá 414 unidades. 

  

Em Santarém, os empreendimentos contemplados na modalidade Rural foram:  

Associação dos Moradores Agroextrativistas e Indígenas do Tapajós: 18 

Remanescentes do Quilombo de Tiningu: 50 

Associação Agroextrativista da Comunidade Cabeceira do Amorim: 50 

Associação Comunitária de Moradores Produtores Agroextrativistas de Surucuá: 50 

Associação Comunitária de Produtores Rurais de João Pereira: 50 

Associação de Produtores e Moradores da Área da Comunidade de Santa Luzia: 50 

Associação de Remanescentes de Quilombo do Bom Jardim: 50 

Conselho Comunitário da Comunidade da Vila Nova do Eixo Forte: 47 

Prefeitura Municipal de Mojuí  dos Campos: 50 

  

Prazo - O prazo de contratação das propostas selecionadas será de 180 dias, contados da data de publicação da portaria, podendo ser prorrogado de ofício pelo Ministério das Cidades. A expectativa é reduzir o déficit habitacional e oferecer mais dignidade às famílias residentes em áreas rurais. 

 

Com informações da Ascom/Deputado federal Henderson Pinto 

Fonte: Portal Santarém

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil