Fundador jornalista Jerffeson de Miranda
Aos 10 de janeiro de 2018

Cidadão Repórter

(93)91472925

Santarém(PA), Sábado, 24 de Fevereiro de 2024 - 23:39
10/11/2023 as 14:46 | Por Redação |
Fumaça volta a encobrir Santarém, no Pará, nesta sexta-feira (10)
No rio Tapajós, por exemplo, era difícil ter visibilidade até das embarcações navegando pela água
Fotografo: Manoel Cardoso
Donos de embarcações relatam que a fumaça provoca riscos à navegação

Na manhã desta sexta-feira, 10, uma camada densa de fumaça, proveniente de queimadas, voltou a encobrir o município de Santarém, oeste do Pará.  

 

Quem caminhou no calçadão da orla, na manhã de hoje, observou muita fumaça sobre os rios Tapajós e Amazonas, além de encobrir diferentes zonas da cidade.  

 

No rio Tapajós, por exemplo, era difícil ter visibilidade até das embarcações navegando pela água. Enquanto que os habitantes relataram dificuldades respiratórias e ardor nos olhos devido à qualidade do ar prejudicada.  

 

De acordo com o Greenpeace Brasil, a depender da época do ano e do local que se vá a Amazônia, o visitante tem a chance de ver dois tipos bastante distintos de “névoa”. Uma é a névoa da manhã, da umidade que evapora de rios e árvores, inundando a atmosfera de água. A outra é a névoa das queimadas, uma camada densa de fumaça que encobre regiões inteiras, às vezes por meses. A principal diferença entre elas é que, enquanto a primeira só traz benefícios, a segunda prejudica a saúde e pode levar até à morte. 

 

 

Por: Manoel Cardoso 

Fonte: Portal Santarém 

 

  

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil