Fundador jornalista Jerffeson de Miranda
Aos 10 de janeiro de 2018

Cidadão Repórter

(93)91472925

Santarém(PA), Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2024 - 09:30
28/11/2023 as 07:56 | Por Redação |
Em Santarém, primeira capacitação sobre cultura do cacau encerra com resultado positivo
Os cursos tiveram uma carga horária de 24h, contendo aulas práticas e teóricas. As palestras ocorreram simultaneamente
Fotografo: Agência Santarém
Durante três dias, produtores e técnicos de Santarém, Belterra e Mojuí dos Campos tiveram aulas sobre manejo de produção e bioeconomia.

A I Capacitação voltada para “Cultura do Cacau: Manejo de produção, fitossanidade e beneficiamento” encerrou no final de semana trazendo resultados positivos para 60 produtores e técnicos dos municípios de Santarém, Mojuí dos Campos e Belterra, além da Emater. Durante três dias um ciclo de palestras, foi ministrado pela Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), visando viabilizar a verticalização da produção do cacau na região e assim gerar mais renda para os produtores. 

 

Os cursos tiveram uma carga horária de 24h, contendo aulas práticas e teóricas. As palestras ocorreram simultaneamente. Sendo que uma na Escola do Parque, proferida aos produtores sobre Bioeconomia com a temática: derivados do cacau, chocolates artesanais e aproveitamento de frutos. 

 

No auditório do Centro Regional de Governo, outro curso foi aplicado aos técnicos, voltado para manejo e fitossanidade. Além do teórico, os técnicos tiveram uma atividade prática em uma propriedade no município de Belterra. Na ocasião, aprenderam a conduzir da melhor forma o plantio do cacau, obtendo uma maior produtividade, e gerando amêndoas de qualidade, agregando mais valor ao produto final. O conhecimento assimilado pelos servidores será repassado aos produtores rurais. 

 

No curso de Bioeconomia os participantes colocaram a mão na massa e tiveram a oportunidade de aprender várias receitas preparadas a partir do mel de cacau, amêndoa e cibirra. Como resultado nos três dias os produtores produziram várias receitas entre elas: geléias, doces, licores, amêndoas caramelizadas, chocolate em pó, barra de cacau, chocolate amargo, nibs de cacau, entre outros. 

 

O agente de atividades da Ceplac, José Janilson que ministrou o curso, destacou a importância da capacitação para os produtores. 

 

“O curso abordou as boas práticas de fabricação de doces e a importância da diversificação de atividades rurais para melhor a distribuição da renda da propriedade, além de incentivar os produtores a cultivar amêndoas de qualidade. Foi um momento positivo e com grande procura. Todos ficaram muito felizes em poder aprender receitas que podem melhorar a renda da propriedade”, ressaltou. 

 
O produtor Henrique Miranda, morador da Vila de Boim, na Reserva Extrativista Tapajós Arapiuns, participou do evento e parabenizou o município pela iniciativa. 

 

“Para nós produtores o curso foi muito importante, pois aprendemos novas receitas da fruta do cacau. O apoio do município está sendo importante para darmos prosseguimento às atividades em nossas propriedades. Com essa capacitação, a esperança é que possamos mudar nossas condições de vida com a plantação de cacau”, contou. 

 

A Prefeitura de Santarém tem investido na expansão da cultura do cacau, a fim de colocar o município na rota da fruta. De acordo com o secretário de Agricultura e Pesca de Santarém Semap, a lavoura do cacau na região deverá tomar novo impulso a partir desse evento. 

 

“A produção no município está crescendo e é necessário se qualificar. Os produtores e servidores precisam de orientação correta, por isso é importante se atualizar e aprender novas técnicas para repassar o conhecimento para os agricultores do município. Além disso, queremos mostrar aos nossos produtores rurais que a produção de cacau é uma alternativa viável e rentável", destacou. 

 

Santarém conta com clima e solo altamente propícios para o cultivo do cacau. Para a coordenadora de Agricultura Familiar, Silvia Rebelo, a capacitação foi muito importante para o município que busca expandir a produção. 

 

“Nosso objetivo é dar oportunidade aos agricultores e técnicos em aprimorar e diversificar a sua produção e, assim, agregar valor ao produto. Estamos na tratativa com Ceplac em realizar mais cursos visando fomentar a produção da cacauicultura em nosso município”, disse. 

 

O Pará, de acordo com os dados da Ceplac, é o lugar do planeta onde mais se planta cacau. A produção paraense representa mais de 96% de toda a produção da região Norte. A produção média do cacau é de 146.375 toneladas. 

 

O evento foi uma realização da Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca (Semap), via Coordenadoria de Incentivo à Produção Familiar (Ciprof), em parceria com a Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), e as Prefeituras de Mojuí dos Campos e Belterra, Emater, Sedap e Ideflor-Bio. 

 

Por: Luan Rodrigues/Ascom-PMS 

Fonte: Portal Santarém 

 

 

 

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil