Fundador jornalista Jerffeson de Miranda
Aos 10 de janeiro de 2018

Cidadão Repórter

(93)91472925

Santarém(PA), Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2024 - 08:29
10/02/2024 as 08:04 | Por Redação |
Castelo Coutinho: “Vereador é o único representante do povo, ou seja, a voz do povo no Parlamento”
Ex-Vereador concedeu entrevista exclusiva ao Portal Santarém
Fotografo: Reprodução
Castelo Coutinho iniciou sua vida na política de Monte Alegre, no ano de 2004, quando foi eleito Vereador

Castelo Coutinho iniciou sua vida pública na política de Monte Alegre, no Pará, no ano de 2004, quando foi eleito Vereador. Em 2008 foi à reeleição, por ironia do destino, teve mais votos do que no primeiro mandato, mas ficou de fora por falta de votos no coeficiente eleitoral, só vindo a concorrer novamente na eleição de 2016, depois de 08 anos, sendo eleito Vereador pela segunda vez. Na eleição de 2020, outra vez foi derrotado. Castelo Coutinho troca de sigla partidária do PSC (hoje Podemos) para o Solidariedade. 

 

Nossa reportagem fez algumas perguntas ao ex-Vereador e ele responde: 

PORTAL SANTARÉM: Castelo, geralmente um Vereador sempre que concorre à reeleição, sempre tem mais chances do que os de primeira eleição, e você já teve dois mandatos, mas não foram consecutivos. Qual o motivo? 

CASTELO COUTINHO: O primeiro ponto é, quando trabalhamos legislando e dando assistência social às comunidades rurais, classe média e baixa, perdemos o fortalecimento de caixa. Chega a próxima eleição, ficamos sem recursos e alguns daqueles que você ajudou, esquecem da ajuda. 

 

PORTAL SANTARÉM: Castelo, essas ajudas comunitárias e assistência social para as classes que você se refere, quais seriam? 

CASTELO COUTINHO: Comunitariamente, obras como construções de barracões. Durante meus dois mandatos foram construídos 04, e 02 que ficaram a terminar, e 01 reformado, 01 (uma) ponte em madeira de lei, medindo 12 metros, e outras coisas mais. Na parte de assistência social, sempre ajudei com a parte laboratoriais, farmácias, médicos, passagens, colchões, cadeiras de rodas, licença de eventos, segurança, som, veículos e etc... 

PORTAL SANTARÉM: Castelo, analisamos que muitas coisas na sua resposta são de atenção do Executivo e não do Legislativo, principalmente quando se trata de obras. O que você tem a nos falar? 

CASTELO COUTINHO: Sim! Isso mesmo! Quando o vereador faz parte da bancada do Executivo realmente este consegue essas assistências, mas também para conseguir não é só fazer parte da bancada e sim está submisso a ele, votar sempre no que for de seu interesse. Eu tive 02 mandatos, em nenhum negociei sequer um emprego, porque o Vereador é o único representante do povo, ou seja, a voz do povo no Parlamento. Na hora que você olha somente o seu lado e esquece o povo, você deixa de ser o representante e a voz do povo, e passa a ser apenas representante do Executivo. 

PORTAL SANTARÉM: Castelo, então, por você não trabalhar com a moeda de troca ou toma lá dá cá, você está sem mandato. Você não se arrepende de não ter feito acordos com o Executivo? 

CASTELO COUTINHO: Não! Graças a Deus ninguém nasce Vereador. Estive Vereador, não é esse o meio de sobrevivência. Procuro estar Vereador para lutar em prol do melhoramento da minha querida cidade de Monte Alegre, e ajudar, naquilo que posso, quem está com necessidade. 

PORTAL SANTARÉM: Castelo, mesmo sem mandato você ainda é procurado por pessoas solicitando assistência? 

CASTELO COUTINHO: Sim, e muito. E procuro ajudar dentro do possível, com a ajuda de Deus. Quem conheceu meu saudoso pai, Venício Coutinho, o Baluarte da política Montealegrense, sabe muito bem que ele fazia da própria residência uma casa de apoio para atender o povo da zona rural. Teve 40 anos de vida política, nunca fez qualquer negociação para si próprio e sim em favor do povo. 

PORTAL SANTARÉM: Castelo, você pretende lançar seu nome nesta eleição de 2024, a Vereador novamente: 

CASTELO COUTINHO: Sim. Estou pretendendo. Poderia até ter encerrado a política, se tudo tivesse mudado na eleição passada de 2020, quando 08 candidatos novos e mais 01 que já tinha mandato chegaram à Câmara, dizendo que seria renovação para o bem de Monte Alegre, e hoje ouvimos da boca de um Vereador que essa é a pior Câmara que já existiu de todos os tempos. Então, isso nos dá forças para concorrer. O meu nome está aí para ser analisado, e abro procedimentos, também, para alguém que queira fazer algum comentário, se cometi algum deslise nesses 02 mandatos que cheguei à Câmara. 

 

Fonte: Portal Santarém 

 

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil