Fundador jornalista Jerffeson de Miranda em 10 de janeiro de 2018

Cidadão Repórter

(93)91472925
Santarém(PA), Quarta-Feira, 29 de Junho de 2022 - 07:47
20/06/2022 as 13:47 | Por Redação |
Asimas e Ufopa realizam capacitação em secagem de madeira
Curso será realizado de 20 a 24 de junho
Fotografo: Reprodução
Ao todo, 27 profissionais do setor florestal participam do treinamento com oficinas teóricas e práticas

Com o objetivo de qualificar e gerar intercâmbio profissional entre a universidade e o setor florestal, a Associação das Indústrias Madeireiras de Santarém e Região Oeste do Pará (Asimas), em parceria com a Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), realizam no período de 20 a 24 de junho o Curso de Capacitação em Secagem de Madeira. Ao todo, 27 profissionais do setor florestal participam do treinamento com oficinas teóricas e práticas. 

 

“A secagem é um processo complexo e quanto mais pessoas souberem sobre as boas práticas de execução, a eficiência da secagem se torna cada vez mais prática em nosso trabalho”, conta Valmir Mafra, que participa do curso e atua na área de estufa e tabicamento 

 

Este processo dentro da produção florestal é importante e estratégico, em especial, para a qualidade final do produto, como ressalta o Engenheiro Florestal, Osmar José Romeiro de Aguiar, pesquisador da Embrapa por mais de três décadas, que é o facilitador do curso. “A secagem da madeira é uma das atividades de maior custo para a indústria. Se você não tem a madeira seca, você não tem um produto de qualidade. É um insumo de maior valor agregado também, pois para o processo consumimos energia elétrica, energia térmica através do vapor e mão de obra especializada”, destaca. 

 

A parceria com o Laboratório de Tecnologia da Madeira da Ufopa, conecta as empresas locais com o que o há de mais moderno em informação e técnicas sobre secagem de madeira. “Boa parte da produção florestal do Pará advém aqui do Tapajós e Baixo Amazonas. E enquanto em várias outras regiões a produção vem diminuindo, aqui vem aumentando. São áreas de concessão, com projeto de manejo. E essas empresas, com esse crescimento estão instalando novas estufas, querendo melhorar seus processos e tudo isso precisa de uma capacitação dos recursos humanos”, destaca Victor Moutinho, professor de Engenharia Florestal da Ufopa. 

 

A Asimas reúne 13 empresas associadas com um quadro de cerca de 900 colaboradores na região e treinamentos assim aperfeiçoam e vão além, no objetivo de melhorar cada vez as boas práticas no setor florestal. 

 

Por: Fábio Barbosa 

Fonte: Portal Santarém 

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil