Fundador jornalista Jerffeson de Miranda em 10 de janeiro de 2018

Cidadão Repórter

(93)91472925
Santarém(PA), Quarta-Feira, 02 de Dezembro de 2020 - 13:15
23/05/2020 as 14:29 | Por Redação | 2184
UPA, HRBA e Hospital de Campanha se destacam no tratamento de Covid-19 em Santarém
HRBA conta com leitos de UTI para atender pacientes com Covid-19 em estado grave
Fotografo: Portal Santarém
Hospital de Campanha e UPA atendem casos de baixa e média complexidade de Covid-19

Consolidada pólo do Oeste paraense, Santarém conta com 5 hospitais para atendimento de cerca 1,2 milhão de pessoas, de 29 municípios das regiões do Tapajós, Baixo Amazonas, Calha Norte e Xingú, segundo autoridades de saúde.

Destes, de acordo com o Instituto Panamericano de Gestão (IPG), a Unidade de Pronto Atendimento (UPA/24h) e o Hospital de Campanha de Santarém (HCS) atendem casos de baixa e média complexidade, de pacientes com coronavírus (Covid-19).

Enquanto que o Hospital Regional do Baixo Amazonas do Pará (HRBA), segundo o Centro Regional de Governo do Oeste do Pará, conta com leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), para atender pacientes acometidos por Covid-19, em estado grave, considerados de alta complexidade.

Por conta disso, a direção da UPA, esclarece que a unidade não tem perfil para atender pacientes que necessitem de UTI, de acordo com o critério estabelecido pelo Ministério da Saúde.

"Informamos que existe uma sala de estabilização e, há cerca de dois meses, outra sala de estabilização foi montada para atender pacientes com quadro delicado. Quando o paciente precisa ficar internado em uma UTI, é solicitada a transferência para o Hospital Regional, unidade referência em atendimento de alta complexidade para o coronavírus. A UPA tem 6 respiradores. Desses, um está com leito vago", informou, em nota, a direção da UPA, unidade administrada pelo Instituto Panamericano.

De acordo com a direção do Hospital de Campanha, a unidade tem o perfil para atendimento de casos de baixa e média complexidade com suspeita ou confirmados para o Covid-19. No local, segundo o IPG, 60 pacientes estão sendo atendidos.

"Assim, é uma unidade retaguarda e casos de alta complexidade também devem ser transferidos para o HRBA. No HCamp existe um setor de estabilização com 6 respiradores. Desses, dois estão com leito vago até o momento", informou a assessoria de imprensa do Instituto Panamericano, entidade que administra o Hospital de Campanha.

DEMANDA NO HRBA

Segundo a assessoria de imprensa da Pró-Saúde, entidade filantrópica que administra o HRBA, a unidade presta atendimento 100% gratuito e é referência no tratamento de casos da Covid-19 na região. A unidade conta com 153 leitos e, com as adequações feitas, possui agora 49 leitos exclusivos para atendimento aos casos da doença, que estão divididos em 27 leitos de UTI Adulto, quatro leitos de UTI Pediátrica, três leitos de UTI Neonatal e 15 leitos de Enfermaria.

Fonte: Portal Santarém

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil