Fundador jornalista Jerffeson de Miranda em 10 de janeiro de 2018

Cidadão Repórter

(93)91472925
Santarém(PA), Quarta-Feira, 01 de Dezembro de 2021 - 09:46
26/10/2021 as 10:18 | Por Redação |
Unidade, que é referência em trauma, conscientiza pacientes sobre a doação de sangue
Ação alerta sobre o baixo estoque de sangue e conscientizar acompanhantes de pacientes internados sobre a importância da doação de sangue
Fotografo: Reprodução
Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua, está realizando a ação “Doar Sangue Salva Vidas”

Na última sexta-feira (22), a programação contou com a palestra “Sem Dúvidas sobre a Doação”, ministrada pelo supervisor da agência transfusional do Hospital Metropolitano, Fabrício Lopes, e entrega de cartilhas com informações sobre os procedimentos para ser voluntário, tanto no município de Ananindeua, quanto em Belém.  

 

Mesmo longe do mês de conscientização da doação, celebrado no Brasil em junho, a campanha foi pensada devido ao baixo estoque registrado atualmente na Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa).  

 

“Os estoques estão baixos. Isso pode ser reflexo de muitos quesitos, entre eles os efeitos da pandemia que ainda é forte em todo o Brasil e, também, da sazonalidade com as chuvas. Essas ações dentro do Metropolitano vêm para reforçar que estamos precisando de doadores”, diz a médica responsável pela Agência Transfusional do Metropolitano, Silvia Teixeira.  

 

A profissional alerta ainda, sobre a importância da participação das pessoas em ações que fomentam a prática da doação. “Nos períodos de redução de doadores na Fundação Hemopa, todos os serviços são afetados. O momento é de união para garantirmos os estoques” completa.  

 

Dentro do hospital, a programação será contínua, para conscientizar as pessoas sobre a importância da doação, mesmo em períodos não considerados críticos. A unidade, que pertence ao governo do Estado do Pará e é gerenciada pela Pró-Saúde, é referência no atendimento de vítimas de traumas, que frequentemente demandam o uso de bolsas de sangue. 

 

Entre as pessoas que se sentiram motivadas a doar está a dona de casa Mariza dos Santos Silva, 44, que acompanha o esposo que está internado e em tratamento no Metropolitano. “Eu quero muito doar e ajudar a salvar vidas. Tenho certeza de que isso fará a diferença para muitas pessoas; pode nem ser o meu marido, mas fará para outras que necessitam de ajuda” diz Mariza.  

 

Para quem quiser se juntar à causa e salvar vidas, existem alguns critérios: estar bem de saúde e peso superior a 50 Kg, apresentar documento com foto e estar alimentado, entre outros. Adolescentes com mais de 16 anos também podem doar, desde que tenham a autorização dos responsáveis.  

 

Onde doar?  

As doações podem ser feitas na Fundação Hemopa, localizada na Tv. Padre Eutíquio, nº 2109 

 

Com informações e foto da Ascom/HMUE 

Fonte: Portal Santarém 

 

 

 

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil