Fotografo: Reprodução
...
Materiais foram entregues aos profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate à doença

A rede de apoio “União Pará” realizou a doação de 400 kits de EPIs (máscaras faces shields) para os profissionais de saúde do Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), que estão na linha de frente no combate à Covid-19. O intuito é ajudar a conter os efeitos da pandemia no município e cidades da região.

A cerimônia de entrega dos equipamentos de proteção individual foi realizada em uma área isolada da instituição hospitalar, com a presença do diretor do HRBA, Herbert Moreschi, vereador Alaércio Cardoso e a gestora de captação de recursos do União Pará, Nicia Coutinho.

Doar é uma forma de ajudar quem está precisando nesse momento pelo qual o Brasil e o mundo estão passando. “A União Pará é um membro da União BR que busca recursos financeiros e materiais para combater essa pandemia, essa doação veio de São Paulo e hoje estamos aqui felizes em poder colaborar com o HRBA” explicou Nícia.

A União Pará é um movimento da sociedade civil, empresas e poder público, todos voluntários. Atua nos seguintes segmentos: Segurança Alimentar, Higiene e Estruturas Hospitalares, o objetivo é mobilizar recursos, parceiros e voluntários para concretizar ações que impacte positivamente a vida das populações vulneráveis (indígenas, quilombolas, ribeirinhos e povos tradicionais.)

As demandas foram levantadas com lideranças das comunidades da Floresta Nacional do Tapajós – FLONA, quilombolas da Floresta Nacional Saracá – Taquera, Associação Quilombola de Alenquer, Reserva Extrativista Tapajós Arapiuns, Região do Marajó, região metropolitana de Belém, periferias, entre outros.

UNIÃO BRASIL

É uma mobilização nacional que já está presente em todas as regiões do Brasil e conta com o apoio de governos, sociedade civil organizada e empresas. Todos esses atores sociais se mobilizam para apoiar os mais necessitados. Com esse objetivo de ajudar os mais vulneráveis aos efeitos da Covid-19, surgiu o grupo União BR, reunindo organizações sociais em vários estados.

NÚMEROS

De acordo com o boletim informativo sobre a pandemia divulgado, pela prefeitura, Santarém já contabiliza 865 casos confirmados. A cidade aparece como a quarta maior em número de casos e de mortes (84) por Covid-19.

Segundo a Secretaria de Saúde Pública do Pará (Sespa), a capital, Belém, lidera o ranking com 8.144 casos e 985 óbitos. Ananideua (1.880) e Parauapebas (783) completam a lista com 167 e 51 mortes, respectivamente. A Organização Mundial de Saúde (OMS) reforça que o isolamento social e medidas de higiene são fundamentais no combate ao novo coronavírus.

Por: Ana Carolina Maia e Fernanda Rabelo

Fonte: Portal Santarém