Fundador jornalista Jerffeson de Miranda em 10 de janeiro de 2018

Cidadão Repórter

(93)91472925
Santarém(PA), Quarta-Feira, 01 de Dezembro de 2021 - 08:58
16/10/2021 as 08:16 | Por Redação |
Prefeitura de Mojuí dos Campos adere pela primeira ao Programa Criança Feliz, do Governo federal
Objetivo é promover e defender os direitos das crianças e ampliar as políticas que promovam o desenvolvimento integral da primeira infância
Fotografo: Reprodução
Beneficiárias do Programa Criança Feliz, do Governo Federal

A Prefeitura de Mojuí dos Campos, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtras) vai implantar ainda este ano no município o Programa Criança Feliz, do Governo Federal. O objetivo é promover e defender os direitos das crianças e ampliar as políticas que promovam o desenvolvimento integral da primeira infância. É a primeira vez que o município adere ao programa. A adesão ocorreu na quinta-feira (14). 

 

Em setembro deste ano, o prefeito Marco Antônio e a primeira dama e secretária municipal de trabalho e assistência social Adrielly Lima estiveram em Brasília visitando a sede da Secretaria Nacional de Atenção à Primeira Infância para as tratativas sobre a adesão do município ao programa. 

 

"Com a adesão o município tem como meta inicial de atender cem famílias, e já vislumbra uma ampliação dessas metas. Vamos unir esforços nesse programa tão significativo para as nossas famílias em situação de vulnerabilidade social de acordo com o perfil dele", observou a secretária municipal de trabalho e assistência social, Adrielly Lima. 

 

"A gestão avança nas políticas públicas para a população de Mojuí dos Campos, nós reconhecemos a importância de garantir esse atendimento as grávidas e suas crianças por entender a importância do desenvolvimento saudável desde a gestação ao nascimento, e o crescimento desse público tão importante para o nosso município", destacou o prefeito Marco Antônio Lima. 

 

O programa 
O Programa Criança Feliz acompanha famílias com crianças entre zero e seis anos e oferece aos seus pequenos ferramentas para promover seu desenvolvimento integral. 

 

O público-alvo é formado pelas famílias com gestantes e crianças na primeira infância e que se encontram em situação de vulnerabilidade. Essas famílias são priorizadas a partir dos seguintes critérios: 

- Famílias com gestantes e crianças de até 3 anos beneficiárias do Programa Bolsa Família (PBF) 
- Famílias com crianças de até 6 anos beneficiárias do Benefício de Prestação Continuada (BPC) 
- Crianças de até 6 anos afastadas do convívio familiar em razão da aplicação de medida de proteção previstas no ECA. 

 

Por meio de visitas domiciliares às famílias participantes do Programa Bolsa Família, as equipes do Criança Feliz farão o acompanhamento e darão orientações importantes para fortalecer os vínculos familiares e comunitários e estimular o desenvolvimento infantil. 

 

Os visitadores serão capacitados em diversas áreas de conhecimento, como saúde, educação, serviço social, direitos humanos, cultura etc. A troca com as famílias será rica e constante. Assim, novos campeões serão criados e a luta pelo desenvolvimento social será vencida. 

 

Para participar do programa, é preciso manter os dados no Cadastro Único atualizados, principalmente quando há grávidas e crianças de até três anos na família. 

 

Objetivos do programa 
- Promover o desenvolvimento infantil integral 
- Apoiar a gestante e a família na preparação para o nascimento da criança 
- Cuidar da criança em situação de vulnerabilidade até os seis anos de idade 
- Fortalecer o vínculo afetivo e o papel das famílias no cuidado, na proteção e na educação das crianças 
- Estimular o desenvolvimento de atividades lúdicas 
- Facilitar o acesso das famílias atendidas às políticas e serviços públicos de que necessitem 

 

Por: Geisa de Oliveira/Ascom-PMC 

Fonte: Portal Santarém 

 

 

 

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil