Fotografo: Reprodução
...
Prefeito Taká reuniu com militares representantes da Operação Verde Brasil

O prefeito do município de Rurópolis, localizado no Oeste do Pará, recebeu em seu gabinete na Prefeitura Municipal, na segunda-feira (18/05), dois oficiais do Exército Brasileiro representantes da Operação Verde Brasil 2, do Governo Federal, que foi deflagrada no dia 11 de maio deste ano. Os oficiais levaram ao Prefeito o pedido de espaço público para instalação do grupo de operações com aproximadamente 40 homens, que farão incursões nas propriedades rurais, segundo os oficiais a partir desta quarta-feira (20/05). 

O prefeito Taka Padilha foi enfático ao negar apoio à operação e ceder espaço para instalação do acampamento dos militares. "Não posso atender o pedido dos senhores, no momento em que passamos por essa pandemia mundial de Coronavírus. Se fizer isso estarei indo de encontro a tudo que temos feito até agora com muito sacrifício. Outro motivo, é porque sou contra essas operações que só pegam os pequenos trabalhadores que já estão com dificuldades de sobrevivência. Em outras oportunidades que demos apoio e pedimos que não maltratassem ninguém, o que vimos foram trabalhadores humilhados e alguns de seus bens queimados. Não posso concordar com isso e não posso contribuir”, declarou Joselino Taká Padilha. 

Na manhã desta terça-feira (19), o prefeito Taká reuniu-se com representantes dos trabalhadores do Município, entre eles; Antoniel de Jesus Silva (STTR), Carmelino Carvalho Neres (SINPRUR), e Adaias Tores (ACER). Na oportunidade, o Prefeito e lideranças sociais emitiram e assinaram um documento, pedindo a suspensão da operação nesse momento difícil que passa a população do Município. 

BOLETIM ATUALIZADO DA COVID-19: Segundo as últimas informações, teve um aumento gradativo de contaminados da Covid-19 em Rurópolis. Após 8 dias do primeiro caso diagnosticado, que aconteceu no dia 12 de maio, hoje (terça-feira (19) já são 27 casos confirmados da doença; sem nenhum óbito, segundo a secretária de saúde Fernanda Cardoso.  

Fonte: Portal Santarém, com informações e foto de Paulino Magno