Fundador jornalista Jerffeson de Miranda em 10 de janeiro de 2018

Cidadão Repórter

(93)91472925
Santarém(PA), Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2021 - 01:21
08/01/2021 as 13:56 | Por Redação | 260
Prefeito de Óbidos estabelece novas medidas para conter o avanço da covid-19 no município
Missas e cultos religiosos deverão ser realizados com capacidade máxima de 60% da lotação ou limitado a 200 pessoas
Fotografo: Reprodução
Jaime Silva concedeu entrevista coletiva nesta sexta feira, 8, falando sobre novo decreto

O prefeito Jaime da Silva publicou um novo decreto estabelecendo normas mais rígidas para combater o avanço da covid-19 em Óbidos, no oeste do Pará.
De acordo com o decreto, permanece suspensa a realização de atividades que promovam aglomeração no município, como casas de shows, boates, danceterias, feiras, exposições congressos e seminários.
O decreto estabelece ainda o uso de máscara de proteção facial ao cidadão sempre ao sair de casa.
Os estabelecimentos comerciais, e afins, deverão fornecer e exigir o uso de mascaras de seus colaboradores e impedir a entrada e a permanência de pessoas que não estejam usando o assessório.
O decreto também limita o acesso à familiares e amigos em velório, desde que respeitadas as recomendações de saúde.
As missas e cultos religiosos deverão ser realizados com capacidade máxima de 60% da lotação ou limitado a 200 pessoas.
Em relação aos transportes municipais e interestaduais, continuarão funcionando, porém com redução de 50% de sua capacidade e com distanciamento de no mínimo dois metros de um passageiro a outro.
Em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira (08), o prefeito Jaime Silva disse que está ajustando o cronograma para atender toda a população do município. Segundo ele, a equipe da secretaria de saúde está trabalhando incansavelmente para que isso aconteça. Conforme o gestor, a meta é fazer um controle da situação uma vez que o município é fronteira muito aberta, tanto pelo rio quanto pela estrada, para agir conforme os protocolos de segurança.
A secretária de saúde do município, Ana Elza, pediu a colaboração da comunidade em relação ao uso de máscara, distanciamento social, higienização das mãos e dos ambientes frequentados para evitar maiores agravos, visto que não há leitos disponíveis para atendimento à população.
Leia, na íntegra, o novo decreto:
 
  
Com informações de Regis Balieiro
Fonte: Portal Santarém e RD Notícias




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil