Fotografo: Reprodução
...
Assassinato de Paulo Anacleto aconteceu em dezembro de 2019, na cidade de Anapu

A Polícia Civil da cidade de Anapu, no Pará, com apoio da Delegacia de Homicídios, Delegacia de Conflitos Agrários, Núcleo de apoio à Investigação e policiais da Seccional de Altamira, deflagraram na quinta-feira (02/04/2020) a "OPERAÇÃO SICÁRIO" que objetivou dar cumprimento a seis mandados de busca e apreensão.

A operação investiga o homicídio do conselheiro tutelar Paulo Anacleto, executado a tiros na cidade de Anapu em dezembro de 2019. Os investigados são: Osvaldilon Luiz dos Santos; João Batista de Souza (João Rizo); Silvério Fernandes Albano; Wilmar Vieira Brito e Laurinei de Freitas Ramos.

Os mandados foram cumpridos nas cidades de Altamira, Anapu e Pacajá. Durante as buscas foram apreendidos os aparelhos celulares dos investigados, além de outros objetos que podem ajudar a polícia a elucidar o crime. Devido à grande complexidade dos fatos, as investigações ainda estão em andamento.

SAIBA MAIS: Paulo Anacleto, ex-vereador do PT e conselheiro tutelar em Anapu, foi assassinado na praça do centro da cidade no dia 09 de dezembro de 2019. Na ocasião, testemunhas disseram à Polícia que a vítima estava em um carro quando uma dupla armada que estava em uma moto disparou diversas vezes. Paulo morreu no local do crime, em frente ao filho.

Fonte: Portal Santarém