Fotografo: Reprodução
...
Raimundo Gomes Soares tinha 78 anos, e foi internado na terça-feira (26) no Hospital Municipal

O feirante Raimundo Gomes Soares, um dos pioneiros de Rurópolis, no Pará, deu entrada no Hospital Municipal na terça-feira (26/05), com sintomas do Coronavírus. Segundo informações de familiares, ele estava em casa e sentia os sintomas a poucos dias.

A confirmação da morte de Raimundo Soares, por Covid-19, foi dada pelo prefeito Joselino Padilha Taká em coletiva à imprensa local às 19 horas. Taká lamentou a morte de Raimundo e das demais pessoas que estão doentes e passam por dificuldades nesse momento de pandemia.

Segundo o Prefeito, mais duas pessoas de Rurópolis faleceram na cidade de Santarém, onde estavam em tratamentos de outras doenças, mas foram submetidas a exames para que não fiquem dúvidas sobre a causa das mortes. 

A Secretaria de Saúde do Município divulgou boletins, confirmando o óbito e o número de pessoas infectadas no município.  

Na coletiva o Prefeito também informou que nesta quinta-feira (28), pela manhã, aconteceria uma reunião com autoridades e representantes dos empresários para decidir sobre as próximas medidas a serem tomadas, já que há cobranças de parte da sociedade para que sejam tomadas medidas mais severas, pois até agora as medidas que foram tomadas não surtiram os efeitos desejados. Após essa reunião, será tomada a decisão se Rurópolis entrar em Lockdown ou não. 

O Primeiro caso confirmado de Convid-19, em Rurópolis, foi no dia 12 de maio. Hoje o município conta com 68 pessoa infectadas e um óbito. Uma pessoa encontra-se hospitalizada aguardando transferência para Hospital Regional de Santarém, que informou não ter leito disponível.   

O prefeito Taká reforçou o pedido para que as pessoas evitem aglomeração, usem mascaras e só saiam de casa em casos de estrema necessidade. 

Fonte: Portal Santarém e Paulino Magno/Diário de Rurópolis