Fundador jornalista Jerffeson de Miranda em 10 de janeiro de 2018

Cidadão Repórter

(93)91472925
Santarém(PA), Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2020 - 01:52
20/10/2020 as 09:55 | Por Redação | 295
Ouvidoria do HMS realiza "busca ativa" diariamente
O serviço que é uma iniciativa da Ouvidoria estava parado desde fevereiro desse ano e retornou no início do mês de outubro
Fotografo: Reprodução
Qualquer pessoa pode manifestar suas opiniões sobre o atendimento, as instalações e os serviços oferecidos pelo Hospital

Com o objetivo de levar soluções imediatas e proporcionar ao paciente um local de escuta, a Ouvidoria interna do Hospital Municipal de Santarém Dr. Alberto Tolentino (HMS) recebe e acompanha as demandas dos usuários.
O atendimento acontece após uma “busca ativa” realizada todos os dias pela equipe do psicossocial, em todos os setores e ainda através de um questionário que pode ser depositado nas caixas disponibilizadas na urgência e emergência, e, obstetrícia.
Segundo a diretora do Instituto Mais Saúde, empresa que administra o HMS, Grazieli Landiosi, o serviço da Ouvidoria foi criado para que qualquer pessoa possa manifestar suas opiniões sobre o atendimento, as instalações e os serviços oferecidos pelo Hospital.
“Esse é um canal aberto para elogiar os aspectos positivos; sugerir alternativas que possam melhorar o funcionamento da Unidade; tirar dúvida sobre o que fazer, como fazer, a quem procurar e como proceder dentro do HMS. Além de poder reclamar de qualquer situação que seja considerado pelo usuário como insatisfatório”, explicou Grazieli.
A equipe do psicossocial é quem está responsável por mediar e facilitar o diálogo entre a Unidade e os pacientes. Os ouvidores recebem a queixa, vão atrás da causa do problema em alinhamento com a direção, checam as informações com os supervisores e cooperam com os setores envolvidos para um desfecho correto.
“Quem procura a Ouvidoria tem a garantia de que terá seu assunto encaminhado e de que receberá uma resposta”, afirmou a responsável pelo setor psicossocial, psicóloga Ligia Ferreira.
Fonte: Portal Santarém e Natashia Santana/HMS e UPA




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil