Fotografo: Reprodução
...
Assassinado de Adriene Souza da Costa, de 16 anos, está sendo investigado pela Polícia

Nessa época de pandemia do coronavírus, que se alastra por todo mundo, causando muitas mortes, bem como o índice de desemprego aumentou assustadoramente, pois muitas empresas fecharam suas portas, algumas pessoas para sustentar suas famílias tiveram que entrar para o mundo do crime.

Nos últimos dias muitos assassinatos foram registrados, roubos, tráfico de drogas, etc, causando pânico na população de várias cidades do Pará e do Brasil.

O município de Santarém, no oeste do Pará, não fica atrás. Apesar do eficiente trabalho das Polícias Civil e Militar, são grandes os casos de tráfico de drogas e assassinatos.

Na manhã de sexta-feira, dia 03 de julho, o corpo de uma mulher foi encontrado por populares jogado em rua da Ocupação do Juá, mais precisamente na Quadra 19, entre a principal e a mata ao lado do Shopping Rio Tapajós.

A Polícia Militar esteve no local e cercou a área. A Polícia Civil foi acionada, fez as investigações. De acordo com o delegado da especializada de Homicídios, Gilvan Almeida, a vítima, a adolescente Adriene Souza da Costa, de 16 anos, apresentava cinco lesões, das quais quatro perfurações compatíveis por instrumento perfuro-cortante, três nas costas e um no abdômen, e uma lesão no pescoço. O Centro de Perícias Renato Chaves também foi acionado para fazer a remoção do corpo. A vítima era moradora da Rua 12, na ocupação.

A Ocupação do Juá tornou-se um dos locais mais violentos de Santarém, onde muitas mortes já aconteceram, sendo a maioria pelo tráfico de drogas.

Até o momento não se sabe o nome da mulher.

Fonte: Portal Santarém