Fundador jornalista Jerffeson de Miranda em 10 de janeiro de 2018

Cidadão Repórter

(93)91472925
Santarém(PA), Quarta-Feira, 27 de Janeiro de 2021 - 13:12
14/01/2021 as 10:05 | Por Redação | 870
Juruti, Óbidos e Santarém intensificam fiscalizações em passageiros oriundos de outros estados
Governo do Pará fecha fronteira em Juruti para entrada de embarcações do Amazonas
Fotografo: Reprodução
Divisão de Vigilância Sanitária atuando nos portos de Santarém

Como medida preventiva ao avanço do novo coronavírus (Covid-19), o governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), anunciou na noite de quarta-feira, 13, que vai publicar um decreto nesta quinta-feira, 14, proibindo que embarcações com passageiros do Amazonas circule no Estado. Segundo Helder, esta é uma medida preventiva para conter o contágio do coronavírus no Pará, onde barreiras sanitárias serão montadas no rio Amazonas, no Município de Juruti.
“Essa medida é fundamental para que possamos evitar a proliferação do contágio e os problemas de saúde nessa pandemia. A partir de hoje, as nossas fronteiras estarão fechadas para o Estado do Amazonas, com o monitoramento da Polícia Militar do Pará, com auxílio de embarcações e aeronaves, para que possamos fazer cumprir essa medida de restrição para proteger a nossa população”, declarou Barbalho.
Além do Governo do Estado, prefeituras de municípios localizados na região oeste do Pará também se manifestaram em favor do fechamento da fronteira com o Amazonas. No último sábado, 09, após verificar o agravamento no Amazonas, por conta da segunda onda de Covid-19, a Prefeitura de Juruti, Lucidia Batista (MDB), enviou um ofício ao Governador do Pará, pedindo o fechamento da divisa com o estado vizinho.
Um boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde de Juruti apontou que até esta quarta-feira, 13, foram confirmados 2.746 mil casos da doença. Entre eles, 2.594 pacientes recuperados, 93 óbitos, 05 pessoas internadas no Hospital Municipal de Juruti (HMJ), 03 internados Hospital 09 de Abril e 03 moradores de Juruti internados em outras cidades.
 
Em Juruti no Pará, barreiras sanitárias vão impedir a entrada de embarcações com passageiros do Amazonas
A prefeita Lucidia Batista (MDB) informou que naquestão da saúde, foi solicitada ao Governo do Pará, o encaminhamento ao Município de Juruti, de cinco kits UTI Covid, para que fiquem na guarda do Hospital 9 Abril.
Segundo ela,o governo municipal adotou como medida urgente, colocar uma tenda na área externa do Hospital Municipal, para triagem de pacientes com suspeita da Covid-19. Na unidade hospitalar, há apenas um respirador, devido a Mineradora Alcoa solicitar novamente o equipamento que havia deixado no Hospital. Já no Hospital 09 de Abril, Lucidia garante que a Associação Lar Franciscano, que administra a unidade de saúde, conseguiu de pronto 02 respiradores do Governo do Estado, que estavam dando suporte no combate a Covid-19.
“Essas medidas, são para que não possamos ver um pico de mortes em Juruti”, declarou a prefeita Lucidia.
As solicitações renderam em uma avaliação da Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa) para implantação de cinco novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), para tratamento de pacientes com Covid-19, em Juruti.
Em Santarém, a Vigilância Sanitária garantiu que está monitorando a entrada de passageiros que chegam através dos portos, aeroporto Maestro Wilson Fonseca e a Estação Rodoviária. No local, a barreira sanitária conta com apoio de servidores da Empresa Brasileira de infraestrutura Aeroportuária (Infraero).
 
Fiscalização no Aeroporto Maestro Wilson Fonseca. Agentes  fazem testebda Covid em passageiros procedentes do Amazonas
“A Infraero nos repassa o número de voos e a quantidade de passageiros. Está sendo verificada a temperatura do passageiro e, se forem constatado sintomas gripais, a gente abre o Termo de Controle do Viajante. Desta forma ele passa a ser monitorado e já entra em isolamento”, informou o coordenador da Vigilância Sanitária, Walter Mattos.
Na área portuária de Santarém, fiscais da Vigilância Sanitária também realizam monitoramento. No local, oferry boat Fred William I, que faz linha Manaus (AM)/Monte Alegre, no oeste do Pará, trouxe a bordo um passageiro com sintomas de Covid-19. Ele teve complicações durante a viagem e foi socorrido por uma equipe de profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), na tarde de ontem, 13, quando atracou em Santarém, em um porto do bairro Prainha. A embarcação saiu de Manaus com um total de 212 passageiros a bordo.

Prefeit o Jaime Siva assinou Decreto proibindo entrada de pessoas de outras cidades em Óbidos

Em Óbidos, o prefeito Jaime Silva (MDB) anunciou, na tarde de quarta-feira, 13, o decreto de novas medidas de enfrentamento à pandemia de Covid-19. Entre elas, a proibição da entrada de pessoas de outras cidades em território obidense, exceto as que comprovarem que residem ou trabalham no Município, bem como em caso de emergência de saúde. 
Por: Manoel Cardoso
Fonte: Portal Santarém 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil