Fundador jornalista Jerffeson de Miranda em 10 de janeiro de 2018

Cidadão Repórter

(93)91472925
Santarém(PA), Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2021 - 01:32
13/01/2021 as 13:51 | Por Redação | 197
HMS destaca a importância da tomografia em pacientes de urgência e emergência
O exame é essencial para conduta terapêutica, principalmente nas urgências neurológicas, politraumatismo e da COVID-19
Fotografo: Reprodução
Tomógrafo do HMS tem capacidade de realizar 80 exames diários, com sistema totalmente digital

A tomografia é um exame de imagem não invasivo que produz radiografias transversais de partes internas do paciente, como ossos, órgãos e outras estruturas. Agora o Hospital Municipal de Santarém (HMS) Dr. Alberto Tolentino Sotelo tem um tomógrafo de alta perfomance instalado na Unidade. Ontem, 12 de janeiro, o setor recebeu os primeiros pacientes. A maioria dos casos que necessitam desse tipo de diagnóstico por imagem são de pacientes internados com quadro de urgência e emergência.
O tomógrafo do HMS tem capacidade de realizar 80 exames diários, com sistema totalmente digital. Toda essa alta tecnologia possibilita realizar imagens tridimensionais (3D) que auxiliam nos diagnósticos assertivos e de forma mais rápida. Para atender a demanda do HMS e Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas, um fluxo de atendimento foi realizado onde os exames só são realizados em pacientes internados e após a solicitação do médico, que obedece ao grau de urgência de cada paciente.
O HMS registrou nos últimos três meses 1.995 tomografias. Nesse mesmo espaço de tempo, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas registrou 660 exames. As duas unidades recebem um grande fluxo de paciente, que reflete no alto número de solicitação de exames.
O médico radiologista responsável pelo setor, Dr. Leonardo Berretta destaca sobre a importância do equipamento dentro do Hospital. Ele apontou alguns dos benefícios, entre eles, a principal, que é na agilidade para receber o diagnóstico, diminuindo o tempo para tomada de conduta. “A rapidez para realizar os exames de tomografia dos pacientes politraumatizados, sem a necessidade de transporte é muito importante para que a equipe médica consiga atuar melhor, principalmente no tratamento”, explicou ele.
Para o  prefeito, Nélio Aguiar, o pleno funcionamento do tomógrafo é uma grande conquista para população santarena. Ele lembrou o período em que atuava como médico no HMS. “Nós tínhamos muitas dificuldades no atendimento de pacientes graves, porque precisavam sair da Unidade para fazer a tomografia. Agora é coisa do passado. O paciente fará o exame aqui mesmo na sala de tomografia dentro do Hospital”, evidenciou ele.
O primeiro paciente a realizar tomografia dentro do HMS, foi Elias Olimpio,55 anos, deu entrada no setor de urgência do HMS com forte dores torácicas. O paciente realizou o exame em 7 minutos e foi avaliado pelo médico especialista
Complexo de exames e critérios médicos
A equipe de radiologia do Hospital concluiu na semana passada o treinamento de implementação e funcionamento do aparelho de tomografia. A qualificação foi ofertada pelo fornecedor do equipamento o que permitiu o começo das atividades do setor. Com isso, o Hospital passa a ter um complexo de exames, composto pelo laboratório, imagem de Raio-X, ultrassonografia e a agora tomografia, todos realizados dentro da Unidade.
A coordenadora do setor de radiologia, a tecnóloga Regiana Lopes, destaca como se dá o funcionamento do setor de tomografia do HMS. “Os pacientes que apresentarem critérios médicos para realização dos exames passaram pelo Núcleo de Regulação Interna (NIR) e esse paciente será acompanhado durante toda execução do exame por uma equipe de enfermagem”, explicou ela.
Fonte: Portal Santarém e Natashia Santana/HMS e UPA
 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil