Fotografo: Alciane Ayres
...
Comitiva de estudantes e professores durante visita ao Centro Cultural João Fona

Em visita à Santarém, nesta semana, estudantes e professores dos estados do Rio de Janeiro e da Bahia se encantaram com as belezas naturais do Pólo Tapajós e com a riqueza cultural da região.

Entre o roteiro turístico, o Centro Cultural João Fona (CCJF), recebeu, na manhã desta segunda-feira, 14, a visita de  20 estudantes e 03 professores do Colégio Santa Marcelina, localizado no bairro Alto da Boa Vista, Floresta da Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ).

Além da visita no Centro Cultural João Fona, os estudantes e professores do Rio de Janeiro e da Bahia estiveram na orla da cidade, onde se encantaram com a beleza do encontro das águas dos rios Tapajós e Amazonas.

De acordo com a Secretaria Municipal de Cultura (Semc), o período de alta temporada está aumentando a cada dia, o número de pessoas que visitam Santarém.

Por conta disso, segundo a Secretaria de Cultura, o  Centro Cultural João Fona, onde funcionou a Prefeitura de Santarém, está entre os prédios históricos mais visitados da cidade.

ACERVO HISTÓRICO

O Centro Cultural João Fona, ou simplesmente Museu de Santarém, está entre os prédios mais anigos da cidade.

Foi construído entre os anos de 1853 a 1868 pelo engenheiro Marcos Pereira. No edifício funcionou a Intendência Municipal, a Prefeitura, o Salão do Júri, A Câmara Municipal e a Cadeia Pública. É o segundo prédio mais antigo da cidade.

Hoje, o Centro é utilizado exclusivamente para finalidades culturais, com prioridade às salas museológicas, fixas e transitórias. Destaque para exposição de fotos de Santarém, exposição de objetos e obras de artistas locais, como o artista Laurimar Leal.

Por: Manoel Cardoso e foto de Alciane Ayres

Fonte: Portal Santarém