Fotografo: Reprodução
...
Abertura oficial do Sairé ocorre nesta quinta-feira, 17, com o levantamento dos mastros, e encerra na sexta, 18 de setembro

Antes de iniciar o Rito Religioso, a Equatorial Pará desenvolveu ações preventivas na rede de distribuição de energia elétrica ao longo da rodovia Everaldo Martins, que liga a cidade ao distrito de Alter do Chão, e, também, em vários pontos da vila. A proposta é evitar falhas na energia distribuída na localidade, antes, durante e após o evento.

A abertura oficial do Sairé ocorre na manhã desta quinta-feira, 17, com o levantamento dos mastros, seguido pelo corte da fita do barracão e um café regional. À noite, a programação continua com ladainhas, procissão ao redor dos mastros e cerimônia do Beija-Fita. Este ano não terá a disputa dos botos tucuxi e cor de rosa e a toda a programação será acompanhada pelo público, pelas plataformas digitais oficiais do Rito Religioso do Sairé (Instagram, Facebook e Youtube).

Equipes da Equatorial Pará estarão no perímetro para aturarem, caso haja alguma eventualidade, de forma rápida e segura, garantindo que o evento transcorra sem anormalidade.

O executivo da Gerência de Serviços Técnicos e Comerciais, Danilo Almeida, chama a atenção dos moradores, sobre os cuidados com a fiação elétrica. “Nesta época do ano é comum o aumento de turistas e de moradores que saem de Santarém e se fixam em Alter do Chão, e, pedimos atenção, principalmente em ligações à revelia, pois podem ocasionar descargas, curtos-circuitos, sobrecarregar o sistema elétrico, podendo causar além de interrupções no sistema, acidentes sérios e colocar em risco a vida das pessoas”, alertou o executivo.

APOIO

Pelo segundo ano consecutivo, o Sairé recebe o apoio da Equatorial Energia Pará.

Este ano, com um objetivo maior de garantir que a tradição continue se espalhando pelo mundo.

Para o presidente da Equatorial Pará, Marcos Almeida, o grande interesse da empresa é reforçar a importância da história cultural religiosa do povo de Alter do Chão que, mesmo com a pandemia provocada pela covid-19, continua mantendo toda a energia acesa para que pessoas de todo o mundo possam enxergá-lo. “A cultura do nosso Pará é rica e merece ser preservada, pois desta forma, garantimos que outros setores, como o do turismo, por exemplo, também sejam impulsionados”, comemorou o presidente.

O Sairé 2020 encerra na sexta, 18 de setembro.

Fonte: Portal Santarém e Equatorial Energia Pará