Fotografo: Reprodução
...
Deputado Eraldo Pimenta, representando a Alepa, ao lado de Elcy Gutzeit e de Denise Brandão Pimenta

O deputado estadual Eraldo Pimenta (MDB), uma das maiores lideranças políticas da região, encontra-se em Paris (França), onde participa da maior exposição de cacau do mundo, que é a produção de Cacau da Transamazônica está tendo reconhecimento internacional.

Eraldo Pimenta está representando a Assembléia Legislativa do Pará (Alepa), no evento que vai escolher o maior produtor de amêndoa de cacau do mundo. A Fazenda Panorama, localizada no município de Uruará, no sudeste do Pará, de propriedade da produtora Elcy Gutzeit, foi uma das 50 classificadas para concorrer ao prêmio, que acontece nesta quarta-feira, dia 30 de outubro, no Salão do Chocolate em Paris (França). No Brasil somente duas produções foram classificadas para concorrer ao prêmio, a Fazenda Panorama, de Uruará – Pará; e o produtor João Tavares, da Fazenda Leolinda, da Bahia. Elcy Gutzeit está na disputa internacional com o cacau híbrido distribuído pela Ceplac (Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira), e João Tavares, com o Clone SJ02

O município de Uruará é o segundo maior produtor de amêndoa de cacau do Brasil. Em primeiro lugar está o município de Medicilândia, também no Pará. Segundo o deputado Eraldo Pimenta, tal fato gera o fortalecimento da economia de nossa região neste intercâmbio econômico mundial. O grupo familiar da Fazenda Panorama vende amêndoas para diversas regiões do Brasil, e ainda para países como Bélgica, França e Tailândia.

“Estamos aqui em Paris, na França, onde acontece uma das maiores exposições de cacau, do mundo. Estamos ao lado da produtora Elcy Gutzeit, da Fazenda Panorâmica, que concorre ao prêmio. É a Transamazônica participando da melhor de amêndoa de cacau do mundo. O Poder Legislativo do Pará está presente neste grande evento”, disse o deputado estadual Eraldo Pimenta.

“O Governo do Estado do Pará (Sedemes, Sedap) Ceplac, Faepa, Produtores Rurais, e a Assembleia Legislativa (ALEPA) foram convidados para se fazerem presentes em um dos maiores eventos mundiais de produtores de cacau, fabricantes, e industriais no setor, e do mundo, sediado na França/Paris. Fui designado para representar a ALEPA, e por estar no momento, titular do colegiado do Funcacau no Estado do Pará. Só a produção do Cacau no Pará (sem falar no Dendê, Açai, Macacheira etc) já corresponde a geração de quase 320 mil empregos diretos e indiretos, e injeta na economia Paraense mais de 1.2 bilhão de reais, com 141.500 toneladas de produção; R$ 127.000.000 de ICMS, com 191.256 ha plantadas, sendo que já é o maior produtor do Brasil ( Medicilandia o 1º, Uruará o 2º ). O objetivo dessa viagem de trabalho é ampliar experiências, aprimorar conhecimentos e adquirir tecnologia para melhorarmos ainda mais esse segmento, e de todo setor produtivo do Estado, que é de fundamental importância na economia do nosso País, e do nosso Pará. Todos os países investem, o consumo aumenta, os anos passam e o planeta com seus habitantes, cresce”, finalizou o deputado Eraldo Pimenta.

Fonte: Portal Santarém