Fundador jornalista Jerffeson de Miranda em 10 de janeiro de 2018

Cidadão Repórter

(93)91472925
Santarém(PA), Domingo, 23 de Janeiro de 2022 - 03:10
12/01/2022 as 15:41 | Por Redação |
Busca por melhores salários deve estimular investimentos na graduação
O reaquecimento da economia e o avanço da cobertura vacinal tem levado cada vez mais pessoas a buscarem o ensino superior
Fotografo: Reprodução
Pesquisa do Instituto Semesp aponta crescimento de 135% na faixa salarial dos egressos do ensino superior

O reaquecimento da economia e o avanço da cobertura vacinal tem levado cada vez mais pessoas a buscarem o ensino superior, sobretudo aquelas que almejam melhores remunerações salariais ou que estão em busca de novas oportunidades de trabalho no ano que se inicia. De acordo com um estudo realizado pelo Instituto Semesp, é comprovado que existe um crescimento na renda das pessoas que possuem um curso superior, assim como uma melhora significativa na qualidade de vida dos que buscaram se profissionalizar.    

  

Pesquisa divulgada no final do ano passado pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES), em parceria com a Educa Insights, apontou um aumento significativo no interesse dos entrevistados em iniciar um curso superior em 2022, seja presencial ou a distância, em instituições particulares de ensino. E se os alunos desejam voltar, instituições de ensino superior já se preparam para recebê-los. É o caso Estácio que lançou novos cursos em diferentes modalidades para atender aos futuros estudantes.  

   

Cursos de diferentes modalidades têm chamado a atenção desse público. Um deles é o Semipresencial, que tem como metodologia conectar a expertise do presencial com a inteligência do digital, tornando a sala de aula mais interativa e colaborativa. Neste formato, o aluno garante a experiência presencial no campus, até duas vezes por semana, e os demais conteúdos são ofertados dentro de uma plataforma digital. 

   

“O grande segredo do semipresencial é a utilização da matriz de ensino comum a todos os modelos de ensino. A partir dessa mesma fonte de conteúdo, podemos unir o melhor do mundo digital e do mundo presencial em um novo produto. Com isso, conseguimos equilibrar a oferta e atender a todas as possibilidades, tanto financeiras, quanto de flexibilidade de tempo, para aqueles que também querem o contato presencial. Perfeito para quem quer ter flexibilidade de horário, mas não abre mão da experiência em sala de aula”, explica Adriano Pistore, vice-presidente de Operação Presencial da Estácio.     

 

No Pará, a Estácio passa a ofertar em 2022 novos cursos na modalidade presencial nas duas unidades de Belém e em Ananindeua: Direito; Enfermagem; Biomedicina; Odontologia; Fisioterapia e Psicologia.  Além dos cursos nos formatos presencial e semipresencial, a Estácio também oferta dezenas de cursos no modelo de Ensino Digital (EaD) e no Flex.    

   

Nos dias 14 e 15, a Estácio irá realizar o primeiro Megavestibular do ano. No Pará, além dos novos cursos citados acima, os vestibulandos podem optar por muitos outros, como Nutrição, Serviço Social, Arquitetura e Urbanismo, Educação Física, Pedagogia, Engenharias, além de cursos da área de Gestão, por exemplo. As inscrições para as avaliações presenciais ou online podem ser feitas pelos telefones 4003-6767 (Regiões Metropolitanas) ou 0800 880 6767 (Demais Regiões). O atendimento presencial nas unidades ocorre de acordo com as normas de segurança sanitária vigentes e o uso da máscara é obrigatório. 

 

Com informações e foto da Agência Eko 

Fonte: Portal Santarém 

 

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil