Fundador jornalista Jerffeson de Miranda em 10 de janeiro de 2018

Cidadão Repórter

(93)91472925
Santarém(PA), Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2021 - 00:56
13/01/2021 as 09:23 | Por Redação | 360
Aumento do número de pacientes com Covid-19 preocupa profissionais de saúde de Santarém (PA)
Em nova atualização do boletim da Covid-19, na terça-feira, 12, Prefeitura informou que há 13.067 casos confirmados no município
Fotografo: Reprodução
UPA/24h deverá voltar a atender somente pessoas com suspeita de terem sido acometidas pela Covid-19

O crescimento acelerado do número de pacientes suspeitos de Covid-19, na primeira semana de 2021, preocupa profissionais de saúde de Santarém, oeste do Pará. Em nova atualização do boletim da Covid-19, nesta terça-feira, 12, a Prefeitura de Santarém informou que há 13.067 casos confirmados no município.
Ainda, segundo a Prefeitura, existem 12.250 pessoas recuperadas, 480 óbitos, 10.329 resultados negativos, 51 análises, 2.004 monitorados e 50.457 monitorados já recuperados.
A atualização de terça-feira, acrescentou 150 casos positivos, por testes rápidos. O aumento do número de casos se deu por conta de dados represados, de acordo com a Prefeitura. “No início de cada mês, o sistema de monitoramento do E-sus passa por auditoria e são inseridos casos positivos ainda não informados”, explicou, em nota, a Prefeitura.
Dos 13.067 casos confirmados de Covid-19, 12.250 estão recuperados, 33 estão internados, 480 são óbitos e outros 304 pacientes estão em isolamento domiciliar, segundo a Prefeitura.
Por conta do crescimento da procura por atendimento médico nas unidades de saúde de Santarém, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) revelou que a Unidade de Pronto Atendimento (UPA/24h) deverá voltar a atender somente pessoas com suspeita de terem sido acometidas pela Covid-19. Desde o início da pandemia, no primeiro semestre de 2020, a UPA conta com uma área para atendimento de pessoas com suspeita da doença.
Hoje, três unidades de saúde atendem pacientes com Covid-19, em Santarém. Entre elas, a UPA 24 Horas, o Hospital Regional do Baixo Amazonas do Pará (HRBA) e a unidade descentralizada do Centro Municipal de Educação Infantil Paulo Freire (CEMEI).
No local, o trabalho é coordenado pela Semsa, que disponibiliza uma equipe de multiprofissionais para detecção de possíveis casos de Covid-19, a fim de oportunizar um tratamento precoce, como medida para o enfrentamento a doença.
De acordo com Semsa, o localpermanece com as atividades educacionais suspensas por conta da pandemia e deve ser devidamente sanitizado após a desativação da unidade.
A Semsa destaca que na unidade são realizadas triagem, consultas médicas, notificação, dispensação de medicamentos, fisioterapia, treino funcional, atendimento psicológico e atendimento de serviço Social.
Segundo o prefeito Nélio Aguiar (DEM), existe um planejamento para transformar a UPA em unidade de atendimento somente para pacientes com Covid-19. Além disso, segundo Nélio, a Prefeitura pretende aumentar o horário de funcionamento da unidade descentralizada, que funciona na Cemei Paulo Freire, caso a demanda continue aumentando, onde o atendimento que encerra às 17h, poderá ser estendido até às 19h.
Ainda assim, caso seja necessário, Nélio garante que vai montar uma segunda equipe para atender os bairros nas grandes áreas de Santarém, como Santarenzinho e Nova República.
Por: Manoel Cardoso
Fonte: Portal Santarém 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil