Fotografo: Reprodução
...
Placas avermelhadas e outros sintomas trazem transtornos para pessoas com alergia ao sol

Não é somente os dias frios que causam desconforto para quem sofre com problemas respiratórios. As altas temperaturas também podem causar grandes transtornos e desencadear processos físicos, que levam a episódios alérgicos. Pessoas com maior sensibilidade ao calor, reagem com características visíveis no corpo.

A urticária colinérgica, popularmente conhecida como “alergia ao calor” ou “alergia ao sol”, é um tipo de reação que a pele tem, causada por alergia após aumento da temperatura do corpo. Este tipo de alergia é caracterizado pelo surgimento de placas avermelhadas, especialmente no rosto, pescoço e tronco.

Adriana Miranda, alergista do Hapvida, revela que este tipo de alergia é mais comum do que se imagina, porém é muito importante prestar atenção aos sintomas, principalmente quando afetam crianças, “a urticária colinérgica não é uma doença grave e chega a ser comum, especialmente para quem vive em regiões mais quentes, como é o caso da nossa região. É normal, depois de atividades físicas e banhos quentes, ficar com partes do corpo avermelhadas, mas, em algumas pessoas, isso acaba sendo de forma exagerada e surgem lesões importantes na pele. Essa alergia pode ser induzida também por ingestão de alimentos quentes e bebidas alcoólicas, ou até mesmo se o indivíduo passar por algum tipo de stress ou ansiedade”, comenta.

O diagnóstico correto deste tipo de alergia é através de levantamento histórico e exame físico feito pelo médico. Para evitar as complicações da alergia ao calor, alguns cuidados e hábitos são necessários. "O tratamento é individualizado, podendo ser feito através de antialérgicos e corticóides, mas algumas medidas podem ajudar, como usar protetor solar, ingerir bastante água e sucos naturais, evitar roupas apertadas, tomar banhos frios, evitar alimentos extremamente quentes e muito temperados. Estas medidas podem ajudar a diminuir a temperatura corporal e a controlar a alergia causada pelo calor”, finaliza Adriana.

Os principais sintomas da alergia ao calor são:

- Surgimento de bolinhas ou placas avermelhadas pelo corpo (em algumas ocasiões essas lesões de juntam e acabam formando placas vermelhas mais intensas);

- Coceira na região afetada;

- Irritação após exposição ao sol;

- Fadiga;

- Náusea;

- Vômito;

- Dor de cabeça;

- Diarreia;

- Inchaço.

Fonte: Portal Santarém e Erika Santos