Fotografo: Reprodução
...
Valdileno Alves estava com seu filho no colo, quando foi morto

Um crime bárbaro chocou os moradores que vivem nas proximidades dos conjuntos Eduardo Angelim, em Belém. O agente penal, Vadileno Rodrigues Alves, 42 anos, foi executado com sete tiros, na frente de sua casa, na tarde de quinta-feira, 17.

Segundo relatos, quatro homens que estavam a pé foram os responsáveis pelos disparados. O homicídio ocorreu na Alameda 8, Quadra 9, próximo à rua 17 de abril, do conjunto Parque Amazônia.

O agente de segurança estava com uma criança no colo e morreu no local. O filho felizmente sobreviveu. A polícia foi acionada para averiguar o caso.  

Em nota, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) "lamenta a morte do agente penitenciário Valdileno Rodrigues Alves, assassinado na tarde desta quinta-feira, 17. Segundo informações preliminares de testemunhas, quatro homens em duas motos pararam na frente da casa da vítima, onde ele estava sentado, e dispararam tiros.

Fonte: Roma News